quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Em contagem decrescente...


...8...

Deseja-se por muito tempo, aguarda-se por notícias outro tanto...e depois de um dia para o outro lá aparece a notícias de que vai mesmo acontecer! Depois ficamos com aquele nervoso miudinho à espera da data marcada e com aquele misto de sentimentos, ora felicidade ora medo... Mas é mesmo assim e vai t-u-d-o correr bem!

Coisas que me incomodam...


quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Estamos lá! :)


Correr não é das minhas paixões, mas o evento em si captou-me a atenção! Parece-me ser um dia digno de se viver e eu não podia falhar, por isso, já cá está o bilhete! :)

Azembora! ;)

Quotes ***






quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Talvez...


Tem dias em que o talvez não serve, não me chega, mas é ele que sinto!
O talvez nem sempre reconforta embora por vezes sirva para nos irmos convencendo de que estamos bem...até estamos bem, não estamos é felizes e essa distância faz muita, ou mesmo, toda a diferença!
E ás vezes é preciso tão pouco para passarmos do talvez ao sim e a uma certeza! O que é que nos fará ficar ali no intermeio?! 

É oficial...

...ando desconsolada!

E se continuar assim, para além de desconsolada, fico obesa também! Estou tramada...

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

O Todo está em Tudo...

"Que você fique de olhos fechados e pense em algo bom.
Que você tenha a idade que seu espírito lhe disser, sem medo de rugas.
Que você não envelheça sem amadurecer, e jamais deixe de rir de uma piada!
Que você sempre trate bem a sua criança interior, porque criança é vida!
Que você sempre desconfie quando a música não o encantar mais.
Que você não perca tempo com fofocas e nem se desespere com tolices.
Que você saiba valorizar pessoas de energia limpa e toques legais.
Que você não se engane com as aparências; há muita gente boa neste mundo.
Que você não olhe raça, religião, sexo ou cultura.
Que você jamais ache que perdeu algo ou alguém, o Todo está em tudo..."


Retirado da internet

quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Um momento...a não repetir...

 
Achei que iria ser diferente, ou antes achei que iria ficar indiferente!
Mas não foi e custou-me! Foi um momento que me custou passar sem ti e que me fez perceber o quão importante és para mim! Custou imenso não te poder abraçar nem te sentir perto de mim! Mesmo falando ao telemóvel e mesmo lendo as tuas palavras, custou-me mesmo assim!
E não sei se o quero (nem se consigo) repetir...



2013*