sábado, 30 de maio de 2009

Por ti…por mim…por NÓS

O amor...

Dá-me alento e força quando quase vacilo.

Dá-me estabilidade mesmo quando teimo em duvidar.

Por ti sinto um amor que não pensava vir a conhecer tão cedo.

Em ti sinto uma força que mesmo tu pareces desconhecer.

Tens-me aqui de forma incondicional e isto porque te adoro tal como és.

Não quero amor por acomodação, quero que estejas comigo enquanto sentires que é ai que deves estar, que é comigo que queres estar, que é a mim que queres.

Uma certeza podes ter, enquanto assim for, considera-me apenas tua…

De todo o coração, te agradeço por este tempo juntos…tem sido uma bênção puder acompanhar-te e ter-te do meu lado. Foi um sentimento que se foi construindo aos poucos, mas devo-te dizer, que o amor nos fica muito bem :)

Um beijinho da tua princesa…adoro-te muito

sexta-feira, 29 de maio de 2009

Confesso que não resisto...

Pronto, confesso, adoro ouvir uma boa "calinada", "um bom pontapé na gramática"...
Que é que eu posso fazer, não me escapam, ouça-as à distância e gosto sempre de brincar com a situação. É mais forte do que eu :)
Passo a transcrever das mais recentes que me deliciaram:
- Molofote em vez de molotofe (um mimo) :)

- O que compraste para o jantar?
- Comprei 3 frangos.
- Mas compraste-os mortos? (Queria ela dizer assados...) (Eu é que quase que morria de tanto rir...)

Acho que vou começar mesmo a anotar e a publicar aqui. Sim, porque tenho noites que vos digo, são uma verdadeira animação para as minhas bandas!


quinta-feira, 28 de maio de 2009

Quero uma coisa assim...



Quero ter uma casa à beira mar...tenho dito!
Seja para casa de férias, seja para estar de forma permanente.
Não me importa apanhar os temporais de Inverno, até porque a vista é lindíssima na mesma.
Adoro o mar, a praia, os cheiros, o som, o ambiente em si.
Não gosto é da confusão que se cria, a dificuldade para estacionar e do trânsito que apanho até lá. Isto para não falar das vezes em que lá chego e está um vento infernal...nortadas dizem eles!!
Por isso, uma casa assim mesmo lá na primeira linha, em que estando vento, há sempre a varanda para ficar, ir dar um mergulho caso apeteça, apreciar o pôr do sol sempre que desejar...aiiiiii...isto é que era qualidade de vida :)
Não é um sonho impossível, tenho é que trabalhar para ele :)

terça-feira, 26 de maio de 2009

As coisas que me passam pela cabeça...

Ando há imenso tempo com vontade de tirar um dia ou dois e usufuir de um magnífico spa, com tudo a que tenho direito...massagens, banho turco, jaccuzi, etc., etc.

Pois então, vou-vos confessar que imagens como as que passo a apresentar de seguida me andam a atravessar na cabecinha diversas vezes ao dia...








Por enquanto lá me vou contentando num relaxamento imaginário enquanto olho para elas ...nem parece meu contentar-me com tão pouco, mas tenciono que seja por pouco tempo :)
Há um local que me atrai em particular, talvez por ter amigos que lá foram recentemente e me deram excelentes referências.
Ora espreitem lá Hotel & Spa Alfândega da Fé

Aceitam-se mais sugestões para um programinha relaxante...

segunda-feira, 25 de maio de 2009

E como não podia deixar de ser...



...aqui fica uma imagem para a eternidade!
Não é que seja preciso registar, mas até vai trazer alguma cor aqui ao meu blogue e tudo...coisa mai'linda :)

Sinto-me...

Sinto-me cansada, extremamente cansada!
Há momentos em que tenho tanta coisa na cabeça, que mesmo que me queira concentrar em alguma, parece que entra tudo em choque!
Não consigo fazer nada do que quero, sinto que não dou o que as pessoas que me rodeiam precisam, sinto-me desorientada.
Amanhã até posso estar cheia de energia, mas hoje estou de rastos!
Foi um fim de semana repleto de emoções: de dor, de perda, de angústia, de carinho, de gratidão, de amizade, de apoio, de amor.
Se calhar por isso, acabo por ver coisas que não devia, pensar em coisas que não queria, questionar sentimentos que são inquestionáveis.
Preciso abrandar, sinto que preciso, mas nem sempre sei como o fazer.


"É apenas com o coração que se pode ver direito; o essencial é invisível aos olhos."
(Antoine de Saint Exupery)

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Há momentos para os quais não existem palavras :(

"O momento mais difícil não é na hora da perda,
E sim no dia seguinte,
Onde procuramos e não encontramos
e temos a certeza que nunca mais teremos!"


Mais vale nem pensar...

Há dias em que sou assombrada por pensamentos de verdadeira crise existencial (é que só pode ser).
No fundo até acho que os meus pensamentos têm a sua razão de ser, olhando para o que me rodeia e vendo a forma como a vida é levada pela maioria das pessoas é assustar pensar que amanhã tudo pode mudar.
É assustador pensar que a nossa vida gira em torno do dinheiro e nele colocamos a responsabilidade da nossa felicidade. Infelizmente, é essa a realidade.
Investimos numa carreira a pensar num futuro mais promissor, quando em vez disso nos apresentam uma e outra lei para nos "cortar as pernas".
Quantas pessoas hoje em dia fazem realmente o que gostam ou o que procuravam?
Tanta gente que tem o seu dia completamente preenchido com dois e três empregos para trazer a maior quantia de dinheiro para casa e conseguir suportar com todas as despesas e mesmo assim trazem uma ninharia...
E pergunto-me, para quê?
Quando basta uma notícia, um azar, uma doença para que tudo isso mude?
Era tão bom se pudessemos fazer aquilo que realmente gostamos, trabalhar com verdadeira dedicação. De certeza que tudo correria bem melhor...E assim chegar ao fim do dia e ainda ter tempo e disposição para estar com a família e amigos.
Ir dormir e ficar ansiosa com o dia seguinte por saber o prazer que me dá aquilo que faço...Deveria mesmo ser assim.
Eu própria tenho neste momento dois empregos e a faculdade...e às vezes pergunto-me, porquê, para quê, até quando?

quarta-feira, 20 de maio de 2009

O meu blog merece ser filmado...ou não



Fui brindada com este selo pela Dina, Kuka e a Sílvia
Muito obrigada às três. As regras deste selo são então as seguintes:

1. Publicar a imagem do selo e linkar o blog que o passou.
2. Escolher 5 situações da vida que mereciam ser repetidas em slow motion e explicar porquê.
3. Passar o desafio e o selo a 12 blogs.

Os meus momentos são:

Ora bem, não se torna muito fácil tentar lembrar-me de momentos em específico que gostava de reviver...mas aqui vai.

Gostava de reviver a minha infância, as brincadeiras com o meu irmão e as traquinices com a minha amiga de infância, naquela inocência que nunca mais voltamos a ter e que é fantástica. Sem responsabilidades, nem compromissos de maior. Hummm...

Adorava aquelas férias passadas na Agudela, na casa de amigos mesmo junto à praia. Até da casa em si tenho saudades, da sua decoração alusiva ao mar, do seu cheiro...do que sentia nesses dias quando lá estava. Como os meus primos rondam todos a mesma idade, na altura eramos todos umas crianças e juntarmo-nos na praia era sempre uma enorme alegria. Lembro-me da minha mãe nos por creme a todos antes de sairmos de casa, lembro-me do meu baldinho, lembro-me da sensação do banho depois do dia de praia, lembro-me do jantar servido na varanda e das conversinhas que tinhamos ao deitar, já a pensar nas brincadeiras do dia seguinte. Era fantástico...

Gostava dos namoricos de escola, daqueles joquinhos de sedução que eu tanto gostava e que tanto gozo me dava. Naquela altura ainda tudo era muito pela diversão e pelo poder de conquista...No entanto, se tinhamos algum desgosto já nos parecia o fim do mundo :) Bons tempos :)

Lembro-me da primeira pessoa que achei que não seria por brincadeira e a quem decidi dedicar, bah, algum do meu tempo :) Lembro-me de quando tomei essa decisão, do sorriso no rosto dele e do meu nervosismo no intervalo seguinte em que supostamente iria surgir o primeiro beijo. Aproveitei-me que uma colega me pediu para ir com ela ao wc e lá lhe dei um beijo muito rápido e fugi para a casa de banho... Lembro-me das várias descobertas ao longo do tempo, da confiança, do sentimento e da cumplicidade que se foi criando...E foi assim, o meu primeiro amor!

Lembro-me de umas férias que tive no Algarve, tinha eu 14 anos e foram...oh pah, nem sei definir.
Acho que foi quando me senti realmente apreciada como mulherzinha e estava eu de bikini, imagine-se só, nem eu podia acreditar :)
Conheci muito gente, fiz amigos, diverti-me a valer! Repetia, sem dúvida :)

Por fim, vêm novamente as conquistas! Embora já seja muitoooo diferente, tem sempre aquele gosto especial do desconhecido, da aventura, da paixão.
Lembro-me bem dos momentos passados com o meu jovem :) antes mesmo de nada estar definido e acho que nem sequer pensado :).
Ainda foi há pouco tempo e já relembro com saudade :)
No entanto, esse sentimento mantem-se tal como o início, só que com mais certezas e com muito mais sentimento que nessa altura.
E mais não digo, para não correr o risco de ele vir cá ler e ficar todo babado...


Quanto ao passar o selo, retribuo a quem mo enviou, porque sem dúvida são blogues que visito diariamente.
E passo-o também para os seguintes:
O amor é um lugar estranho - da Kitty Fane
Perturbações de humor - Miss Kitty
Bedtime stories - da Ana

terça-feira, 19 de maio de 2009

Tantos miminhos que eu já recebi ...oba oba

Todos estes selinhos foram-me oferecidas pela minha querida amiga Sílvia .


1º selinho:

Aqui estão as regras, que a que parece, são para cumprir:

1- Reencaminhar este mimo a 10 blogs
2- Exibir a imagem do prémio (como se já não fosse obvio faze-lo ;)).
3- Postar o link de quem o ofereceu Sílvia
4- Avisar os premiados
5- Publicar as regras

E como um nunca vem sozinho, apresento já o seguinte:


E a regra para este prémio é:

- falar de MANIAS/OBSESSÕES/APEGOS: Ora bem! Manias...Acho que a minha pior mania é mesmo nunca me dar por satisfeita. Podia sempre ter sido melhor, podia sempre ter feito isto ou aquilo...Tenho a mania de procurar sempre as chaves do carro depois de as guardar, por o calçado direitinho (não gosto de o ver do avesso), por música sempre que vou tomar banho, entre outras. Obsessões...acho que não sou obsecada por nada, nem a nada! Quanto aos apegos, sou apegada às memórias, gosto de as relembrar de vez enquando, sabe bem. Sou apegada ao meu sofá e à minha almofada, assim como ao meu cobertor de infância que ainda está lá no guarda fatos. Continua a ter o mesmo cheiro, de quando ainda era criança...fantástico!


E ainda há mais...vamos então ao 3º miminho...



Em que as regras são:
1- Exibir imagem do prémio;
2- Postar o link de quem me presenteou Sílvia
3- Indicar 10 blogs para fazerem parte do "Manifesto dos Jovens que Pensam";
4- Avisar os premiados;
5- Publicar as regras;


E não é que ainda há mais um miminho da minha amiga Sílvia ?! Fantástico minha mikas :) Obrigada



As regras a seguir são:

1 – Colocá-lo no seu blog
2 – Indicar 10 blogues que adore
3 – Informar aos blogs indicados que receberam o selo
4 – Dizer 5 coisas que adorem na vossa vida e porquê

Para não me tornar repetitiva, vou só mencionar as 5 coisa que adoro na minha vida:
Adoro viver...
Adoro o meu namorado :)
Adoro estar no "pagode" com os amigos.
Adoro a primavera/ verão com o sol, o mar, a praia...humm
Adoro música...diferentes tipos de música dependendo do momento. Faz-me sempre sonhar...


E tal como a minha amiga Sílvia fez, também eu vou alinhar na ideia de atribuir os prémios a todos os blogs que tenho seguido e aos que me seguem, pois todos eles são fantásticos e merecem-nos. Toca a virem busca-los (a quem ainda não os tiver).

Beijinhos e um bom dia para todas/os.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Contos e ditos...

Há por ai pessoal que devia pensar seriamente em se tornar realizador de ficção, porque naquelas cabeças é só novelas, filmes de terror, suspense...
Mas a mim nem é a imaginação que me incomoda, essa também eu a tenho coisinha que chegue. O que me incomoda é: primeiro quando não é usada para coisas engraçadas e inteligentes, depois quando a usam para falar da vida dos outros.
A minha vida já me dá tanto que pensar, quanto mais perder o meu rico tempo a pensar na dos outros.

Mas o mais interessante, é o tentarem a toda a força divulgar as suas fantásticas ideias sobre uma ou outra determinada pessoa, com o intuito de os fazerem pensar como eles.
Será que não se apercebem do ridículo a que se fazem passar?!
Quanto a mim, ou não têm vida própria e isto é uma forma de ocuparem o tempo, ou então anda por ai muito gente invejosa e infeliz.

Numa determinada altura, tive ai uma série de pessoal que queriam que uma prova que eu tinha que fazer me corresse mal. Acho que foi daqueles males que vêm por bem, porque apenas me deram mais forças para eu dar o meu melhor. E o que é certo é que assim foi...Fiquei de rastos, é verdade, mas fiz tudo tal como planeado sem precisar de ninguém.
Portanto, a essas alminhas que tanto insistem em tentar difamar a vida dos outros, tenham cuidado, pode chegar o dia em que o feitiço se vire contra o feiticeiro e a vossa inveja apenas lhes dê mais força para lutar pela vida e seguir sempre em frente...

Há simplesmente coisas que não consigo perceber e esta é, sem dúvida, uma delas...

sexta-feira, 15 de maio de 2009

Modernices...

Confesso que isto das chamadas modernices e mentalidades "muito à frente" (dizem eles) me dão um bocado a volta aos miolos...
Tenho uma pessoa conhecida que frequentemente me "visita" num dos meus locais de trabalho e na verdade é das pessoas mais caricatas que conheço...
Não deixa de ser engraçado, porque é um fala barato de primeira, fala tanto que acaba por se trocar todo e quando damos por ela, estamos encharcadinhos com tanta água que ele mete...
Lá simpatizou comigo e tal, ainda hoje não consigo perceber bem como, mas o que é certo é que começou a falar em menages, e que a mulher dele nasceu em França como tal tem uma mentalidade diferente aqui dos portugueses e era na boa e mais não sei o que...
Bem, nada contra, cada um sabe da sua vida. O caso começa a ficar diferente quando me sugere isso mesmo, ter a tal experiência com eles os dois, com aqueles argumentos como, "não me venhas dizer que como mulher não tens esse fetiche", etc., etc.
Mas onde eu quero chegar é que, o que é certo, é que o dito senhor, pelo que conheço dele (e atenção que com esta história não quero dizer que é má pessoa, porque não o é) sei que essa panca não lhe saiu ainda da cabeça e ainda hoje me fala do assunto, porque segundo ele, e mesmo a mulher (sim, que entretanto me foi apresentada para também me falar no assunto), nunca ninguém lhe tinha recusado nada neste "campo" anteriormente.
Sendo eu uma rapariga de coração ocupado e comprometidinha e ele sabendo disso, alguém me saberá explicar o porquê de tanta insistência?!
E agora, pergunto eu, será que como ele diz, somos nós os antiquados e isto da "diversificação" no campo do amor é que é fixe?! :)
Oh pah, é que não me levem a mal, mas quanto a mim, um é pouco, dois é bom, três é demais... Há já tanta coisa que se pode fazer a dois... :))


quarta-feira, 13 de maio de 2009

Pensamento #3

"Que as coisas futuras não te preocupem. Chegarás a elas, se tiver de ser assim, levando a mesma razão que agora usas para as coisas presentes."

(Marco Aurélio)

terça-feira, 12 de maio de 2009

Há dias e dias...

Dias em que mais valia nem sair de casa. Se chove é porque chove e apetece ficar na caminha, se está sol e calor é porque dá uma enorme moleza e não apetece fazer absolutamente nada, se vou trabalhar, é porque vou, se não vou, é porque o dinheiro faz falta. Pela manhã quando se trata de me vestir, logo naquele dia em que me apetecia vestir aquela camisola ainda está para lavar....ahhhhhhhhhhhhhh...socorrooooooooooooooooooooooooooooo
Dias em que tudo parece errado e nada do que me dizem faz qualquer sentido, em que espelhos simplesmente não existem e a única coisa que espero é que as horas passem para que chegue o final do dia e eu possa estar por minha conta.
Dias em que dá vontade de desistir de tudo e arriscar em qualquer coisa apenas por paixão, sem pensar em opiniões ou julgamentos e sem medo da perda...

Por outro lado, tenho dias em que sou assaltada por uma força que nem sei de onde vem, mas que me faz continuar mais e mais, um dia e outro com um optimismo fora do comum.
É a esses dias que me tento agarrar, é nesses dias que tento pensar: "vês, afinal ainda há esperança, há ai um poço qualquer de energia...aproveita-o".

Sem paixão pela vida, sem paixão pelo que fazemos, sem paixão por nós...parece que a vida está a ser levada como que "em piloto automático". E assim, mesmo sem querer, perdem-se os melhores momentos da nossa vida...

E que tal um meio termo desses dois dias não?!
É que ninguém merece...

segunda-feira, 11 de maio de 2009

Recebi mais um miminho



E aqui está mais um miminho atribuído pela minha amiga Sissa :)
Como já me foram atribuídos alguns, estou a tentar publicá-los pela ordem que me foram atribuídos
E antes de tudo, aproveito para te agradecer minha amiga, todos estes miminhos, obrigada.
Vamos então ao desafio:

1 - Exibir a imagem do selo "Seu blog é ROXIE!";

2 - Colocar o nome de quem deu o selo;

3 - Escrever 5 coisas que são ROXIE:

- Música: qualquer som que me faça sonhar :)
- Televisão e cinema: Gosto de séries (CSI, Anatomia de Grey, Donas de Casa Desesperadas, etc etc.), gosto de filmes de suspense e de uma boa comédia.
- 3 paises que gostava de conhecer: Grécia, Cabo Verde, Australia (e os restantes também se possível).
- 3 cores favoritas: preto, branco e o azul.
- 3 hobbies: ouvir música, praticar desporto, ler.
- Blog's que eu acho Roxie:
Barulho da luz;
Blue Summer;
Caminhar entre as palavras;
Loucura Feminina.

quinta-feira, 7 de maio de 2009

O primeiro selinho que me foi atribuído...



Finalmente decidi publicar os selinhos que já me foram oferecidos pela minha amiga Sílvia. Sim, porque isto pode tardar, mas não falha :)
Miminho que te retríbuo minha querida e te agradeço. Gostei muito!

Muito sinceramente, nem fazia ideia de que isto existia e como é que funcionava, portanto se algo estiver mal avisem :)
Segundo o que sei, devo distribuir este selinho por quem eu entender que o merece. Não tenho muita margem de escolha (porque sou recente nestas coisas), mas cá ficam:

Barulho da Luz (do Hélder)
Blue Summer (da Vera)
Caminhar entre as palavras (do Hugo)


Após uma profunda pesquisa (pois a maior parte dos bloguistas
que eu seguia deixaram de publicar nos seus blog's), foi este o resultado...

Nada bom :)