Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2015

10 passos para ser (mais) otimista

Imagem
É possível aprender a ser ver as coisas de forma mais positiva? É claro que sim! Siga os conselhos de uma especialista em psicologia positiva e encare a vida de outra forma.

É possível aprender a ser otimista? A resposta é... claro que sim! Se até hoje só tem conseguido ver o lado negativo de tudo o que lhe acontece na vida, a psicóloga e fundadora do Clube do Optimismo, Maria do Carmo Oliveira, ensina-o a ver o copo meio cheio em vez de meio vazio. Siga este plano prático de 10 passos e torne-se mais otimista. Mas, antes de continuar a ler, lembre-se que a chave do otimismo está, acima de tudo, dentro de si! Estes são os 10 gestos a adotar no seu dia a dia:


1. Decida-se e comprometa-se
O primeiro passo é decidir, conscientemente, que quer ser mais otimista. Não basta pensar nisso de vez em quando. Assuma o compromisso na sua agenda, no seu diário ou no seu blogue, sem perder (mais) tempo. «A partir de hoje», recomenda Maria do Carmo Oliveira.

2. Seja firme na mudança
Não é fácil mudar…

Músicas que nos tocam a alma #3

Imagem

Inteligência emocional no trabalho

10 sinais de que tem inteligência emocional no trabalhoProfissionais dotados de inteligência emocional estão à frente dos seus colegas - inclusive daqueles com o raciocínio mais afiado. Segundo uma pesquisa da consultoria TalentSmart, o QE (Quociente Emocional) pode ser mais decisivo para o sucesso na carreira do que o famoso QI (Quociente de Inteligência). O levantamento mostrou que cerca de 90% dos funcionários mais bem avaliados por seus empregadores têm uma boa gestão de suas emoções. Enquanto isso, apenas 20% dos profissionais com desempenho aquém do esperado apresentam a mesma habilidade. ADVERTISEMENT Não surpreende, portanto, que a competência seja fundamental para sobreviver à crise económica no Brasil, como explicou a EXAME.com o professor espanhol José Ramón Pin, da IESE Business School. Mas como saber se você tem essa competência? De acordo com o consultor norte-americano Travis Bradberry, co-autor do livro "Emotional intelligence 2.0" (Perseu Books, 2009), …

O céu existe mesmo

Imagem
Ontem foi dia de sessão caseira de cinema e eis que estava a dar no canal TVcine o filme 'O céu existe mesmo' e adorei vê-lo. O nome era-me familiar, lembro-me de ouvir falar nele mas nunca tive curiosidade em o procurar para assistir e a verdade é que vê-lo assim sem contar soube ainda melhor.  Gosto especialmente quando são filmes baseados em factos reais e este é um excelente caso disso. 

Dá muito que pensar. Primeiro porque é um tema que habitualmente não se fala, depois porque, mesmo que a maioria dos católicos gostem de acreditar que existe alguma coisa para além da vida, no momento em que são confrontados com isso, não sabem como reagir e questionam tudo. Um filme ligeiro, que se vê bem e que nos transmite, pelo menos a mim, boas sensações.

Sobre as eleições...

Imagem
...é só mesmo isto que me apetece dizer!

Ela é assim...

Imagem
...um pouco (muito) como eu!

Sossega-me...

Imagem
'Sossega-me...
mas não me deixes em paz.'





Snapchat

Imagem
Um dia destes em conversa com uma colega de curso ela estava-me a falar da filha de 12 anos e da forma como a tentava acompanhar e referiu uma aplicação chamada Snapchat. Já ouviram falar?! Pois eu não... Achamos nós que andamos a par das últimas novidades e qual quê, os adolescentes ultrapassam-nos com uma pinta do caneco.  Pelos vistos o Facebook para eles já passou para segundo plano há muito. Agora o que está a dar é mesmo o Snapchat e o Instragram

E o que é o Snapchat?
É uma aplicação de mensagens com base de imagens criado por estudantes da Universidade de Stanford. Os utilizadores desta aplicação podem tirar fotos, gravar vídeos, adicionar textos e desenhos à imagem e a maior diferença está na possibilidade de escolher o tempo que a imagem ficará no visor do amigo da sua lista. O tempo de cada snap é de 1 a 10 segundos, e após aberto, a imagem ou vídeo somente poderá ser vista pelo tempo escolhido pelo remetente. A imagem é excluída do dispositivo e também dos servidores. É …

Obrigada!

Imagem
A Rádio Comercial diz que hoje é o Dia Mundial da Gratidão. Coisa rara essa, lembramo-nos mais rápido de pedir do que de agradecer.  A mim acontece-me frequentemente e de alguma forma inconsciente, agradecer quando me deito na minha caminha, pelo bem que me sabe e pelo sorte de ter um lar e uma cama quentinha onde me deitar. Não sei mesmo explicar porque o faço, mas acontece-me com alguma regularidade. Tenho vindo a aperceber-me que com o tempo a passar vou ficando cada vez mais grata do que tenho, embora nem sempre seja como gostaria, mas de alguma forma tenho plena noção da quantidade de 'coisas' boas que me rodeiam. E por tudo isso, Obrigada!
Só por hoje, sou calma Só por hoje, confio Só por hoje, trabalho honestamente Só por hoje, sou bondosa
E que assim sejam todos os dias...



18 verdades cruéis sobre os relacionamentos modernos

Imagem
É basicamente isto que se observa nos dias de hoje...

Ora confiram aqui e vejam se não é tal e qual!


A dissertação - nascimento #1

Imagem
Chegou aquela rica altura em que devo escolher o tema da minha dissertação.
Lembro-me de diversas vezes ouvir ou pensar em determinada coisa e dizer para mim, 'isto dava um interessante tema para uma tese'. Acontece que nunca apontei as ditas ideias e cheguei à altura de definir um tema, sem tema nenhum!
Inconscientemente começo logo a stressar e a ficar ansiosa e agitada. Faz parte, sou mesmo assim.
Fiz pós e contras do que seria fazer algo na minha área de estudo e resolvi arrumar para canto.
Pensei noutras coisas que sei que me dariam algum gozo e guardei a ideia.
A diretora/coordenadora do meu curso envia, todos os anos, umas série de temas sugeridos por diferentes docentes para quem, como eu, se encontra a branco. E eis que surge um tema/título que vai totalmente de encontro ao que tinha em mente. Caramba, soube mesmo bem!
E pronto, assim nasceu o tema da minha dissertação!
Seja muito bem vinda e bem comportadinha de preferência sim?!



Tomorrowland 2015 | Official Aftermovie

Imagem
Completamente arrepiada! Deve ser qualquer coisa de fantástico!

Coisas que me fazem bem

Imagem
Ontem saí mais cedo do trabalho e saí com a ideia de ir dar uma caminhada mas quando cheguei a casa a minha mãe ainda não tinha chegado e como ela também gostar de ir, fiquei a aguardar por ela. De forma a ocupar-me enquanto ela  não chegava fui para a cozinha e pôs-me a explorar.
Comecei por fazer um frango com caril para trazer para o almoço de hoje, pela primeira vez na minha vida! :) Ando há meses a pensar fazê-lo lá para casa, comprei os ingredientes necessários e tudo, mas não surgiu oportunidade. Então tirei uns bifinhos de frango e fiz como experiência só para mim. Fui corrigindo os temperos conforme ia fazendo e pelo menos de aspeto ficou interessante. :) E de sabor também (sim, porque já foi todinho). Embora que numa próxima irei experimentar de uma maneira diferente  para ver como fica.  Experimentei também pela primeira vez gelatina com leite. Até porque se deixou de consumir leite lá em casa já há alguns meses, apenas o uso para os batidos na fase em que treino (coisa qu…

A desmaterialização da secretária de trabalho na era digital

Imagem

Assim sou eu

Imagem
"Assim sou eu. Metade miúda rebelde e inconformada. Metade senhora que já sabe o que quer.  Metade que brinca pela vida de cara lavada, que se diverte, que faz disparates e tropelias, que ri até não conseguir mais. Que quer colo até mais não. Metade crescida e responsável. Ajuizada, calma e ponderada. Sensata e confiável. De salto agulha, vestido e maquilhagem. Que te ouve até à exaustão. As minhas metades não se separam. Fazem de mim aquilo que sou. Não estranhes se me confundires numa e noutra. Eu sou ambas. Depende daquilo que eu estou disposta a que conheças."

Rita Leston

Muita gente se perde

Imagem
'Acontece que entre o ainda-não-é-hora e o nossa-hora-chegou, muita gente se perde. Não te percas, 'tá?'
(Caio F. Abreu)

Acho que sou um Panda...

Imagem

Músicas que nos tocam a alma #2

Imagem

Motivação para hoje #1

Imagem

É amor?

Imagem
"Os amores perfeitos duram pouco. Os amores perfeitos são passageiros. Os eternos exigem dedicação. Exigem construção. Há que carregar muitas pedras às costas para construir um amor eterno.
Noventa por cento dos amores que morrem é por falta de dedicação. E os outros dez nunca sequer foram amores."
Por Pedro Chagas Freitas

A minha experiência pelos Passadiços do Paiva

Imagem
Fui com a juventude conhecer os recentes e famosos Passadiços do Paiva. :) Tem uma beleza natural extraordinária, só se ouve mesmo a água e os pássaros e pouco mais. Mas para esse sossego parece-me ser recomendável fazerem a visita num dia de semana, pois dizem que ao fim de semana é a verdadeira da romaria por aqueles lados, o que não permite usufruir devidamente deste sossego. Tive também a sorte de não estar um dia de muito calor, o que ajudou. Ida e volta a pé custa um pouco, principalmente para quem não tiver habituado a estas andanças, mas faz-se bem. Começamos a caminhada às 9h30 e chegamos à outra ponta às 12h30, com paragens pelo meio para tirar fotos e essas coisas. No regresso demoramos cerca de 2h30, mais coisa menos coisa. Custou a recomeçar, mas depois de apanhar novamente o ritmo é sempre a andar. A paisagem vale muito a pena! Gostei.

Saber ouvir

Imagem
'Muitas vezes tudo o que basta para ajudar alguém é simplesmente ouvir, mas infelizmente não é fácil encontrar alguém que saiba ouvir a ajudar os outros. Nesta curta-metragem de animação chamada “Garra Rufa”, o realizador Tony Tarantini pretende mostrar o poder de saber ouvir e conversar, apesar de não existirem diálogos no filme. A banda sonora composta por Alex Liberatore é tudo o que basta para dar sentido às conversas, ilustrando os sentimentos provocados pelo poder da conversa. Podemos também ver que às vezes as pessoas que ajudam os outros precisam dessa mesma ajuda, pois não conseguem resolver os seus próprios problemas com a mesma eficácia. Uma história tocante, sobre o poder positivo que as palavras podem ter.' Retirado daqui