segunda-feira, 28 de abril de 2014

Qual é o limite?

Qual é o limite entre o nosso esforço em agradar os outros ou em nos agradar a nós? Qual a linha que separa aquele espaço ténue entre perdermos o respeito por nós próprios, pelos nossos gostos, pensamentos e vontades e deixarmos-nos levar por aquilo que os outros 'esperam'?! 
Nem sei sequer se me estou a saber exprimir direito, mas se há coisa que me mete confusão é sentir que estão frequentemente a fazer ou dizer aquilo que os outros esperam ver/ouvir e não aquilo que realmente pensam e sentem. Afinal, para quê nos chatearmos não é mesmo?! (por favor, ler com ironia).
É absurdo pensarmos que as pessoas nos vão valorizar por muito tempo quando as coisas funcionam assim, puramente por submissão de uma das partes. Refiro-me a qualquer tipo de relação, seja ela pessoal ou profissional. Ao fim de um tempo essa submissão vai vir ao de cima e alguma das partes vai-se mostrar insatisfeita por ela. Vão haver mal entendidos, alguém vai sair desgostoso, vão haver desilusões, vão até começar a surgir desconfianças e dúvidas, porque ninguém consegue ser submisso por muito tempo. 
E ninguém consegue mudar realmente alguém, portanto o melhor mesmo é mantermo-nos fiéis ao que somos. Fazer pequenas mudanças conforme o tempo e o amadurecimento o permitirem, claro que sim! Tentar alterar o nosso comportamento conforme as pancadas que vamos levando, claro...mas sempre sendo fiel ao que somos! E se mesmo assim sentirmos que ainda não é o melhor de nós, se mesmo assim acharmos que estamos a errar...bem, nesse caso é fazer o que nos faz sentir melhor!




sábado, 26 de abril de 2014

True story!



Não é o estar, é o sentir...

Será normal?!

Será normal às vezes passar-me na cabeça que provavelmente vou acabar os meus dias sozinha só porque o mereço?! 
É que é cada uma que me acontece ou cada cena mais parva que assisto que começo a suspeitar que o mereço! E algumas delas (lá bem no fundinho) até sei que as mereço. É a vida a dar-me a lição que eu, mesmo que inconscientemente, procurei. Mas há outras que...caramba...só posso mesmo ser má pessoa!


quarta-feira, 23 de abril de 2014

Muito eu...

"Sou bem mais feliz que triste, mas às vezes fico distante. E me perco em mim como se não houvesse começo nem fim nessa coisa de pensar e achar explicação para vida."

Fernanda Mello.



quinta-feira, 17 de abril de 2014

Frases com sentido

A nossa vida é feita de um constante vai e vem de gente! Há pessoas que nos acompanham durante anos e depois desaparecem, deixamos de as ver e até de comunicar, às vezes de um momento para o outro, sem motivo aparente.
Há casos em que as vidas mudam, há outros em que as próprias pessoas deixam de ser o que eram...há uma enorme variedade de motivos!
Tem dias em que lido melhor com isso do que outros. Por um lado cansei de ser quem procura, quem marca jantares, quem tenta fazer com que a ligação não se perca...por outro lado tenho pena, muita pena de como as coisas mudam e fico triste.
De alguma forma faz-me pensar que se não for eu a procurar, ninguém me vai procurar a mim.
E depois obrigo-me a parar uns segundos e pensar que quem quer mantém-se, quem REALMENTE interessa vai estar presente quando importar e é dessas que devo cuidar.
É por isso que esta frase me faz tanto sentido...


segunda-feira, 14 de abril de 2014

Tão eu...


Ultimamente tem sido tal e qual!
Não faço exercício pela manhã, mas faço o saco para o fazer de tarde...já deve ser alguma coisa! ;)
Gostava de ser diferente, a sério que sim e de ser abençoadinha pela genética e fazer desporto apenas por gosto, mas não é o caso... E ando a precisar tanto de me 'matar' a trabalhar o físico!

sexta-feira, 11 de abril de 2014

30 coisas que deviamos deixar de fazer

#1. Pare de perder tempo com as pessoas erradas. – A vida é muito curta para perder tempo com pessoas que sugam a sua alegria para fora de você. Se alguém quer você em sua vida, eles vão criar espaço para você. Você não deveria ter que lutar por um lugar. Nunca, jamais insista em aparecer diante de alguém que subestima o seu valor. E lembre-se, seus verdadeiros amigos não são as pessoas que estão ao seu lado quando você está vivendo seus melhores dias, mas sim aqueles que permanecem mesmo nos piores momentos.
#2. Pare de fugir dos seus problemas. – Encare-os de frente. Não, não vai ser fácil. Não há ninguém no mundo capaz de sair ileso de cada pancada que leve. Não é esperado que estejamos aptos a imediatamente resolver quaisquer problemas.  Simplesmente não somos feitos desta forma. Na verdade, somos feitos para nos irritarmos, nos entristecermos, nos machucarmos, tropeçarmos e cairmos. E é por isto ser a razão mesma de viver – encarar problemas, aprender, se adaptar, e resolvê-los ao longo do tempo. Isso é o que efetivamente nos molda na pessoa que nos tornamos.
gvFK22m
#3. Pare de mentir para si mesmo. – Você pode mentir para qualquer outra pessoa no mundo, mas você não consegue mentir para si mesmo. Nossas vidas melhoram apenas quando arriscamos encarar as oportunidades, e a primeira e mais difícil oportunidade que podemos encarar é sermos honestos connosco mesmos.
#4. Pare de colocar as suas necessidades em segundo plano. – A coisa mais dolorosa é perder-se de si mesmo no processo de “amar” alguém demais, e esquecer de que você é especial, também. Sim, ajude aos outros; Mas ajude-se também. Se existe um momento para correr atrás de sua paixão e fazer algo que realmente importa para você mesmo,este momento é agora.
pinterest
pinterest
#5. Pare de tentar ser alguém que você não é.  – Um dos maiores desafios na vida é ser você mesmo em um mundo que tenta fazê-lo igual a todos os outros. Alguém sempre vai ser mais bonito, alguém sempre será mais esperto, alguém sempre será mais jovem, mas eles jamais serão você. Não mude para que os outros passem a gostar de você. Seja você mesmo e as pessoas certas vão amar quem você é de verdade.
dzzFJz1
#6. Pare de se apegar ao passado. - Você não pode iniciar o próximo capítulo da sua vida se você continua relendo o anterior.
Max Rossi / Reuters
Max Rossi / Reuters
#7. Pare de ter medo de cometer erros. – Fazer algo e falhar é ao menos dez vezes mais produtivo do que não fazer nada. Todo sucesso deixa uma trilha de falhas atrás de si, e cada falha é um passo rumo ao sucesso. Você acaba se arrependendo muito mais das coisas que NÃO fez, do que daquelas que fez.
funny_dog_make_a_mess_1014
#8. Pare de se repreender por velhos tropeços. - Nós podemos amar a pessoa errada e chorar sobre as coisas erradas, mas não importa o quão erradas as coisas se tornem, uma coisa é certa, os enganos nos ajudam encontrar a pessoa e as coisas que são certas para nós. Todos cometemos enganos, temos tropeços e mesmo nos arrependemos das coisas em nosso passado. Mas você não é seus enganos, nem seus tropeços, e você está aqui AGORA com o poder de definir o seu dia e o seu futuro. Toda e cada coisa que aconteceu na sua vida está te preparando para um momento que ainda virá.
maxresdefault
#9. Pare de tentar comprar felicidade. - Muitas das coisas que desejamos são caras. Mas a verdade é que, as coisas que realmente nos satisfazem, são totalmente grátis – amor, risadas e trabalhar naquilo que nos apaixona.
402f7d9f0b7641d517b28962e3218719
#10. Pare de procurar a felicidade exclusivamente nos outros. – Se você não está feliz com quem você é por dentro, você tampouco será feliz em um relacionamento de longo prazo com quem quer que seja. Você precisa criar estabilidade na própria vida em primeiro lugar, antes que possa compartilhá-la com mais alguém.
#11. Pare de ficar ocioso. - Não pense demais ou você criará um problema que nem existia, para começar. Avalie as situações e tome ações decisivas. Você não pode mudar o que se recusa a encarar. Progredir envolve assumir riscos. Ponto! Vocẽ não pode andar até a segunda base e manter o seu pé ainda na primeira.
#12. Pare de pensar que você não está pronto. - Ninguém realmente se sente 100% pronto quando uma oportunidade aparece. E isto acontece porque as mais grandiosas oportunidades na vida nos forçam a crescer além das nossas zonas de conforto, o que significa que não estaremos totalmente confortáveis, no início.
#13. Pare de se envolver em relacionamentos pelas razões erradas. – Relacionamentos devem ser escolhidos com sabedoria. É melhor estar só do que em má companhia. Não há necessidade de pressa. Se alguma coisa deve ser, ela acontecerá – no seu tempo certo, com a pessoa certa e pela melhor das razões. Se apaixone quando estiver pronto, não quando estiver solitário.
#14. Pare de rejeitar novas relações por que as antigas não funcionaram. – Na vida você perceberá que existe um propósito em conhecer cada pessoa que você conhece. Alguns testarão você, outros te usarão, e outros te ensinarão. Mas, o que é mais importante, alguns despertarão o que há de melhor em você.
7-inspiring-photograph-love
#15. Pare de tentar competir com todo mundo. - Não se preocupe com o que os outros fazem melhor do que você. Concentre-se em bater os seus próprios recordes todos os dias. O sucesso é uma batalha travada apenas entre VOCÊ e VOCÊ MESMO.
#16. Pare de ter inveja dos outros. – A inveja é a arte de contar as bençãos alheias, ao invés das próprias. Se pergunte o seguinte: “O que é que eu tenho que todas as outras pessoas desejam?”
Stuface
Stuface
#17. Pare de reclamar e sentir pena de si mesmo. – As “bolas com efeito” da vida são jogadas por um motivo – para mudar o seu caminho numa direção que se destina a você. Você pode não ver ou entender tudo no momento em que isto acontece, e pode ser difícil. Mas pense naquelas “bolas curvas” negativas que foram jogadas para você no passado. Você frequentemente perceberá que no final elas te levaram a melhores lugares, pessoas, estados de espírito, ou situações. Então sorria! Deixe todos saberem que hoje você é mais forte do que era ontém, e então você será.
#18. Pare de guardar rancor. – Não viva a sua vida com ódio no coração. Você acabará machucando a si próprio muito mais do que as pessoas que você odeia. Perdoar não é dizer “o que você fez de errado comigo não tem importância”, é dizer “eu não vou permitir que o que você fez comigo seja a ruína eterna da minha felicidade”. Perdoar é a resposta… desapegue, encontre paz e liberte-se! E lembre-se, o perdão não é apenas para as outras pessoas, é para si mesmo também. E você deve perdoar-se, seguir em frente e tentar fazer melhor na próxima vez.
#19. Pare de deixar os outros te rebaixarem ao nível deles. – Recuse-se em baixar os seus padrões de qualidade para acomodar aqueles que se recusam a elevar os deles.
76xv4wd
#20. Pare de perder tempo se explicando aos outros. – De toda forma, seus amigos não precisam e seus inimigos não vão acreditar. Apenas faça o que seu coração aponta como o caminho certo.
#21. Pare de fazer as mesmas coisas de novo e de novo sem uma pausa. - A hora certa de respirar profundamente é quando você não tem tempo pra isso. Se você continuar insistindo no que está fazendo, você vai continuar obtendo o mesmo resultado. Às vezes, você precisa se distanciar um pouco para ver as coisas mais claramente.
#22. Pare de negligenciar a beleza dos pequenos momentos. – Aproveite  as pequenas coisas, pois um dia você pode olhar para trás e descobrir que elas eram as grandes coisas. A melhor porção da sua vida será composta dos pequenos e inomináveis momentos que você passa sorrindo junto de alguém  importante pra você.
#23. Pare de tentar alcançar a perfeição. – O mundo real não recompensa o perfeccionismo, ele recompensa as pessoas que conseguem fazer as coisas.
#24. Pare de seguir o caminho do menor esforço. – A vida não é fácil, especialmente quando você planeja alcançar algo de valor. Não pegue o caminho mais fácil. Faça algo extraordinário.
ba2ec232f32be8f724cc13e9921edc03
#25. Pare de agir como se tudo estivesse bem, quando não está. – É perfeitamente normal desmoronar por um breve período. Você nem sempre precisa fingir que é o mais forte, nem constantemente tentar provar que tudo está indo bem. Você tampouco deveria se preocupar com o que os outros pensam – chore se precisar – é saudável colocar suas lágrimas para fora. Quanto mais cedo você o fizer, mais cedo você estará apto a sorrir genuinamente de novo.
#26. Pare de culpar os outros pelos seus próprios problemas. - A dimensão com que você conseguirá realizar seus sonhos depende da dimensão com que você assume responsabilidade pela própria vida. Quando você culpa os outros pelo que você está passando, você nega responsabilidade – você dá aos outros poder sobre aquela parte da sua vida.
#27. Pare de tentar ser tudo para todos. – Alcançar isto é impossível, e tentar apenas te levará ao esgotamento. Mas fazer uma pessoa sorrir PODE mudar o mundo. Talvez não todo o mundo, mas o mundo dela. Então estreite o seu foco.
#28. Pare de se preocupar demais. – A preocupação não removerá os obstáculos do amanhã, mas removerá as delícias do dia de hoje. Um modo de verificar se algo vale o esforço de super ponderar a respeito é se fazer a seguinte pergunta: “Isso importará daqui a um ano? Três anos? Cinco anos?”. Se não, então não é nada que valha o esforço de preocupar-se.
#29. Pare de focar naquilo que você não quer que aconteça. – Foque naquilo que você quer que aconteça. Pensamento positivo está na dianteira de todo grande história de sucesso. Se você acordar toda manhã com o pensamento de que algo maravilhoso acontecerá na sua vida hoje, e você prestar muita atenção, você com frequência descobriá que tem razão.
#30. Pare de ser ingrato. – Não importa o quão bom ou o quão ruins as coisas  estejam, acorde todo dia grato pela sua vida. Alguém em algum lugar está desesperadamente lutando pela própria vida. Ao invés de pensar naquilo que falta, tente pensar em tudo aquilo que você já tem e que quase todo mundo sente falta.
33f180304110b9841cdbd4898d891297

Sagitário


quinta-feira, 10 de abril de 2014

Pensamento do dia

É errado pensarmos que as pessoas que nos rodeiam vão perceber que estamos necessitados de atenção (extra). 
Mas a culpa até que é nossa, habituamos-los a serem eles a ter a nossa atenção na maioria do tempo, depois parece que não sabem como fazer para inverter a coisa! Mas às vezes, convém...e faz bem também...


terça-feira, 8 de abril de 2014

Sonhos...para que vos quero

Sonhei contigo algumas vezes nos últimos tempos. A maioria deles nem me lembro bem, o de hoje ficou-me na cabeça. Não são sonhos com muito sentido, para além de ti envolvem sempre pessoas e sítios que não conheço nem faço ideia do  significado que possam ter. Provavelmente é a minha cabeça a querer manter uma memória de ti ou a manter um contacto que na realidade deixou de existir entre nós. Em todo o caso, espero que te encontres bem e que sejas feliz. No meu sonho, descobriste que ias ser pai de gémeos e lembro-que de ficar feliz por ti, e fico mesmo.

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Pensamento do dia

Ás vezes não tenho bem a certeza do que me faz ir em frente, 
mas dou graças por ter a coragem de o fazer!
E embora trema por dentro, acredito que é o único caminho possível!


sexta-feira, 4 de abril de 2014

Mulher tem disto...

Isto de ser gaja é do catano!
Ando a passar uma daquelas fases estúpidas em que simplesmente não me apetece arranjar. Na maior parte dos dias não me apetece maquilhar-me e francamente mesmo a roupa é a primeira que me vier à mão.
Nos outros dias, nada me parece ficar bem, portanto fico numa luta comigo própria sobre o que vestir. E é essa luta que sendo mais constante, me faz perder a vontade de me mimar e de me cuidar, porque sempre que o tento fazer fico frustrada e descontente com o que vejo!
Admiro aquelas mulheres que se maquilham todos os dias e estão sempre 'arranjadinhas'! Às vezes chego a questionar-me de como o conseguem elas fazer todos os santos dias (é, devem ser extraterrestres só pode)!





terça-feira, 1 de abril de 2014

Como sabemos?

"E como sabemos qual o caminho a seguir? Como adivinhamos que aquilo que se nos apresenta quando abrimos uma porta é melhor do que o que temos de deixar quando fechamos outra? Como descortinamos se a vida morna que levamos pode ter em seguimento uma apoteose fantástica?

Não sabemos, não adivinhamos, não nos é permitido ir ali dar um pulo ao futuro e descobrir como pode vir a ser. Ou a não ser...

Aquilo que eu sei é que se queremos espreitar por uma nova porta entreaberta é porque o caminho que temos seguido não nos satisfaz em pleno. Pode até nem ser mau, mas não é, com toda a certeza, brilhante! Não nos tira o fôlego. Não brilha nos olhos. Não nos preenche. Não retira o melhor de nós. Deixa-nos num assim-assim (des)confortável.

Se seguimos caminho e abrimos uma porta à nossa frente, mesmo que ainda tenhamos de abrir algumas mais...é porque aquela por onde saímos tem de ser fechada de vez.

Sob pena de ficarmos presos no átrio da vida!"

- Rita Leston -