quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Sabes?


'Sabes que quando me olhas eu fico assim pequenina? Me derreto e apenas te consigo sorrir? Sabes que as minhas ideias parece que fogem e ficam como que suspensas? Que as palavras que articulo quase que somem enquanto as tuas me hipnotizam?

Sabes que, quando te olho, me apetece unicamente encostar no teu ombro e olhar-te os olhos que me descansam. Sabes que o que me apetece é deitar a cabeça sobre o teu peito e descansar. É encaixar-me no teu abraço para não mais me ausentar. Cheirar-te. Provar-te. Sentir-me tua. Sentir-te meu. Ter-nos.

Sabes? Sabes!
E ainda bem.'

Por Rita Leston 



terça-feira, 25 de novembro de 2014

A minha menina...

Ainda não falei aqui da minha sobrinha/afilhada e nem sei porquê... Os pais não querem fotos da princesa pela Internet e eu compreendo (embora me custe para caramba não colocar nenhuma, mas já arranjei uma solução ;) )!
Ela está linda, é daquelas bebés mesmo perfeitinhas, até quando chora e faz beicinho! :) Mas claro que sou suspeita para falar.
Vai fazer 3 meses no próximo domingo e já veste roupa para 6 meses, pesa cerca de 5,500 kgs e mede cerca de 60 cm, pelo menos segundo as últimas informações que me deram, agora já deve ter mais meio kilo pelo menos! :)
É um amor a minha menina, deixo aqui uma pequena amostra! 



segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Já parou para pensar na sorte que tem em ser o sonho da mulher dos seus sonhos?

'Geralmente, eu chego em casa cansado. Jogo minhas roupas pelo chão do quarto e sento no sofá com aquela cara de acabado. Ela chega, me grita atenção e fala como uma doida de como foi seu dia. Eu fico entre um “uhum” e outro. Entre uma risada e outra. Mas fico com olhos e ouvidos bem atentos, como um menininho ouvindo uma história de uma heroína que salvou a cidade e ainda lembrou de passar no mercado para comprar meu iogurte predileto.

Ela me faz massagens quando eu peço. Mas só aceita fazer caso eu prometa fazer nela também. Ela trabalha, estuda, inova em seu visual, malha, prepara a comida e ainda arruma tempo para me amar e me pedir para levá-la ao cinema. Às vezes, eu penso como é louco o amor. No começo, eu passava noites em claro só para descobrir a melhor forma de conseguir ter um encontro com ela. E, hoje, ela é quem me convida. No primeiro encontro, eu passei quase duas horas inteiras me arrumando. Coloquei minha melhor roupa e me encharquei com meu melhor perfume só para agradá-la. Hoje, ele me acha lindo de moletom ou suado após o futebol.

Ela me espera. Ela fica ansiosa para me ver e me liga só para dizer que está com saudades. Ela diz que ama e que morre de tesão por mim. Ela me faz carinhos e arranhões que nunca tive e me beija o corpo inteiro. Quando briga comigo por ciúmes é por medo de me perder.

Ela é perfeita, mas não sabe.

O meu lado possessivo até acha isso bom porque no dia que ela perceber que ela é dez mil vezes melhor do que qualquer mulher nesse mundo, vai querer outro cara dez mil vezes melhor do que eu.

E há vários caras perfeitos por aí.

Mas não sei como, ela se encantou por minha barba mal feita, por minhas piadas sem graça e por meus olhos cansados.

Bendita a sorte a minha.

Até hoje, não sei o que falei para ter roubado a atenção dela. E, se um dia descobrir, falarei o dia inteiro. Trato-a como uma rainha tendo a certeza de que não sou merecedor de um lugar em teu altar. Mas me esforço tanto que ela acha graça até das minhas imperfeições.

Você já parou para pensar na sorte que tem em ser o sonho da mulher dos seus sonhos?'


quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Cuspir no prato que se come...


Tem sim, tem coisas que embora nos incomodem conseguimos facilmente ignorar, umas vezes é mais forçado do que outras, mas se percebermos que ignorar é a melhor resposta a dar, fica mais fácil de o fazer. Tem outras que nem com muito esforço lá vai, mesmo sabendo que o deveríamos fazer...mas é inevitável... Mexe-me profundamente nas entranhas aqueles que tendem a cuspir constantemente no prato que comem. Que agem por maldade, que são infantis e cínicos e pouco profissionais.
Vai uma cuspidela e dá-se uma hipótese, por consideração, por amizade. Vão duas cuspidelas e nova hipótese, ainda por amizade talvez, por pensar que foi um mau dia, qualquer coisa. Vão três, quatro, cinco...ah fod...! Que vá cuspir para o raio que o parta! 
Já chega de ignorar! Ou se veste a camisola, ou se salta fora...e já está mais do que na altura de o fazeres!

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Episódio recorrente...


...e algo a mudar o mais breve possível!

Compras online

Já ouviram falar da Crazy Factory? Conheci a página através de uma amiga e no início não posso negar que não fiquei um pouco reticente...mas depois lá nos decidimos a mandar vir algumas coisas, recebi-as hoje e recomendo.
Vem tudo tal e qual a foto, bem embalado e as peças parecem ser de boa qualidade. 
Mandamos vir 9 peças entre fios, pendentes, um par de brincos e um anel e demos 21,96 ( a partir de 20€ não se pagam portes de envio). Tem pendentes muito giros por 1,49€ e fios por 0,50€, 0,60€. 
Fica a dica... ;)



sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Afinal existem mais como eu...

Encontrei este texto que refere situações semelhantes para todos aqueles que gostam de se deitar tarde. Concordo com a maioria deles e por segundos não me senti sozinha, pensava que era a única com pancas destas, mas afinal existem mais anormais como eu...tão bom! :)

'Se és daqueles que costuma deitar-se tarde, confere se as situações seguintes não te são familiares. Só quem se deita tarde percebe:

1. O quanto é acolhedor o silêncio da madrugada.

2. A fome agoniante que te faz deixar a preguiça de lado e ir até à cozinha.

3. A companhia de uma TV ligada, mesmo que não estejas a ver nada.

4. A enorme vontade, que vem do nada, de quereres colocar todos os teus projetos em prática de uma vez.

5. Quando alguém te diz que dormes demais, quando na verdade dormes 6 a 8 horas por dia ou até menos.

6. A alegria de saber que existem estabelecimentos que estão abertos 24 horas.

7. O quão orgulhosos ficamos quando pesquisas apontam que quem dorme tarde é mais inteligente.

8. O quanto é estranho uma pessoa acordar às 7:00 da manhã de bom humor.

9. A inveja de quem consegue aterrar na cama e dormir.

10. O quanto é difícil acordar antes do meio-dia.'

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Desculpas e mais desculpas...

7 Coisas pelas quais não deve pedir desculpa

desculpa
Todos nós cometemos erros. Somos humanos. Quando isso acontece, pedimos desculpa. No entanto, há algumas acções pelas quais não nos deveríamos sentir culpados, porque o nosso bem-estar físico e mental depende deles.
Conheça a lista de 7 coisas pelas quais nunca deve pedir desculpa.

Deitar Cedo

Sair à noite com os amigos, ficar acordado um pouco mais para ver um filme, ou mais um episódio daquela série que não conseguimos parar de ver, pode ser muito tentador. Mas se está cansada, está cansada. Não há nada de errado nisso. O sono é essencial, por isso, não peça desculpa por estar cansada, ou por ter que ir para casa mais cedo.

Dizer não

Tem demasiadas tarefas em mãos no trabalho? Ou vários eventos na agenda? Por vezes temos de dizer não, e não há problema nenhum nisso. Se abusar de si mesma, vai acabar por ter outros problemas de saúde.

Fazer uma pausa

De vez em quando, todos precisamos de uma pausa, ou mesmo de umas férias. Não se sinta culpada por tirar um dia para si. Para além disso, vários estudos indicam que, o mero facto de planearmos as férias, aumenta a felicidade.

Afastar-se de uma amizade tóxica

Terminar uma amizade é ainda mais difícil que terminar uma relação. No entanto, às vezes é necessário para o seu próprio bem, e não deve sentir vergonha por isso. Há pessoas que nos fazem mal, que nos puxam para baixo, e não devemos arrepender-nos de nos afastarmos delas.

Não responder a mensagens ou e-mails

Hoje em dia, toda a gente espera que tenhamos o telemóvel sempre à mão e que todas as mensagens ou e-mails sejam respondidos em breves minutos. Não se sinta culpada por só responder umas horas depois, ou mesmo no dia seguinte, nem peça desculpa por isso.

Passar tempo sozinha

Enquanto a maior parte das pessoas não aguenta sequer a ideia de ficar sozinha com os seus botões, de alguma forma, sentimos-nos obrigados a pedir desculpa quando precisamos de um pouco de espaço e tempo só para nós. A verdade é que estar sozinha tem vários benefícios: ajuda a recarregar baterias e ensina-nos a ter mais auto-controlo, entre muitos outros.

Pensar em nós primeiro

No final do dia, o nosso bem-estar é crucial para termos uma vida boa e sermos felizes. Devido a isto, haverá momentos em que terá que fazer das suas necessidades uma prioridade, sem qualquer necessidade de desculpas por isso.

Não foi escrito por mim, mas podia ser, concordo plenamente!

Ainda se fazem mães como antigamente...!

O tema da educação pelos 'pais de hoje' é recorrente algumas vezes entre conversa de amigos/ família.
Comento várias vezes que os pais tentam cada vez mais ser amigos, do que propriamente pais. 
Não concordo com educações rigorosas, nem nada que se pareça, sempre disse que a liberdade trás responsabilidade, no entanto acho que deve haver uma distinção nestas coisas pais são pais, amigos são amigos. Haverá sempre coisas que vamos falar com amigos e nunca com os pais, e outras coisas que só se conversam com os pais e nunca com os amigos.
O mesmo digo em relação às tarefas em casa, como o velho ditado diz 'é de pequenino que se torce o pepino' e é bem verdade! Não custa nada habituar as crianças desde pequenas a serem arrumadas, senão depois acontece como a maioria das raparigas de hoje, que não sabem fazer nada em casa.
É um tema complicado, eu sei, não sei se terá a ver com a sociedade em si, mas a educação é alvo que não deve mudar, começando em casa e acabando na escola, o rigor e a disciplina deveriam manter-se, e tal como indica a frase na imagem em cima, 'Ainda (é possível) se fazer mães como antigamente'! :)

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Quentes e boas

Ora...dizem que é S. Martinho hoje, portanto aqui fica! :)
Que todas as castanhinhas que comam sejam bem quentes e boas!


sexta-feira, 7 de novembro de 2014

That point...

Nem sempre gosto desse ponto, mas lá que é engraçado é... 
Quando estamos a fazer os trabalhos de grupo depois de um dia inteiro de trabalho e das aulas é que é bonito de se ver! Chega a um ponto em que questionamos tudo o que escrevemos e já não conseguimos construir uma frase de gente. Só se pode mesmo rir, porque chorar não conta! 
O que é certo é que isso também acontece porque temos várias coisas a tratar e queremos fazer um pouco de tudo e depois resulta em 'muito pouco'. Como tal...toca a impor regras na malta. A partir de agora em cada dia só se tratam dos trabalhos relativos à aula que tivemos, não há cá mixordias...e lá tem resultado melhor!
Acontece-me também naqueles dias em que planeio fazer 1001 coisas e depois quando dou por ela já não tenho tempo nem para fazer metade! Pareço a verdadeira barata tonta que não dá uma para a caixa...
É geral ou é só a mim que estas coisas acontecem?!

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Good vibes...


Gosto deste senhor, transmite-me boas vibrações...e as músicas também são boas, o que ajuda! :)

Acessórios para a corrida: prós e contras


Correr a ouvir as nossas músicas favoritas causa satisfação e fornece aquele gás a mais, não é mesmo? Treinar sempre atento ao relógio para ir à procura de melhor desempenho, muitas vezes, é essencial. Até mesmo um GPS para verificar o seu passe e ritmo ou meias de compressão podem ser utensílios utilizados durante as atividades. Mas, existem contra indicações. Sabe quais são? Confira o que diz Leandro Sandoval, diretor técnico da Life Training Assessoria Esportiva.


Com fone de ouvido
Prós: além de trazer aquela satisfação e mais vontade de treinar, proporciona distração fazendo com que os treinamentos passem mais rápido.

Contras: causa distração e uma tendência de sair fora do ritmo acima ou abaixo. Em ruas, pode causar acidentes. Também pode ocasionar em problemas auditivos, desatenção com a passada, respiração e impacto no solo.

Com relógio GPS
Prós: posicionamento das distâncias durante a corrida – uma grande gama de informações de ritmo e pace – controle de tempo e distância em locais sem distâncias pré-definidas.

Contras: devido a variação de captação de sinal do satélite, há uma diferença na distância. Pode haver perda de sinal em alguns lugares – túneis, viadutos ou áreas com muitas nuvens.

Com meias de compressão
Prós: oferece proteção e sustentação muscular.

Contras: pode ocasionar desconfortos, além de sensação de calor.

Com relógio
Prós: o corredor fica atento ao tempo em que será feito seus treinos e provas.

Contras: a obsessão por baixar esses tempos pode causar muitos erros na preparação e péssimos treinos.

Retirado daqui

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Ideias interessantes...

'É uma plataforma que pretende inspirar quem ainda não se rendeu aos benefícios da atividade física.
O site Planet of Triumphs reune histórias de sucesso vividas pelos frequentadores da Planet Fitness, uma rede de ginásios que diz ter vindo a assumir um posicionamento diferente, ao mostrar-se contra a ditadura da boa-forma e os extremos do exercício físico.
Por isso, e para comunicar este website, a marca lançou um anúncio onde mostra pessoas reais a ultrapassar vários desafios em nome da sua qualidade de vida. Com criatividade da Red Tettemer O’Connell + Partners, o filme traz precisamente alguns dos relatos publicados na página da Planet Fitness.
O objetivo é fazer com que todas as pessoas possam partilhar as suas vitórias e apoiar outros membros da comunidade.'