sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Let's fly?



A Google anunciou hoje o lançamento do Google Flight em Portugal. O serviço permite pesquisar e comparar voos, à semelhança de outros sites já existentes como o SkyScanner ou a momondo, mas garante que é muito mais rápido.

E segundo a NiT, não é publicidade enganosa, eu também fui experimentar e de facto concordo com a NiT,  em menos de um segundo obtêm-se uma lista de resultados de voos entre os destinos escolhidos. Tem um template bastante simples o que torna a leitura dos resultados muito fácil.

De um modo geral, o site é bastante intuitivo: é fácil perceber como segmentar os resultados pelo preço, número de escalas, companhia aérea ou duração do voo. Mas há ferramentas mais interessantes: aqui também há o botão “sinto-me com sorte” (que na caixa de pesquisa do motor de busca permite obter resultados alternativos aos habituais), que apresenta sugestões de viagens aleatoriamente.

Também dá para ver no mapa o preço dos voos para cada destino. É útil para quem não faz a menor ideia dos preços das viagens.

O Google tem ainda uma ferramenta relacionada com a pesquisa de hotéis, que tem uma base de dados completa da oferta da cidade.

Notícia retirada daqui

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Crazy, Stupid, Love

Ontem revi este filme que acho fantástico!
Adoro os filmes do Steve Carell e o Ryan Gosling, bem o Ryan fica bem em qualquer filme! :)


quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

When you suck at eyeliner

É quase sempre isto...nunca me parecem iguais. Deviam existir cursos intensivos só para o eyeliner.

Ver o vídeo aqui para perceber o drama: When you suck at eyeliner


sábado, 6 de fevereiro de 2016

Hoje não estou cá...


'Hoje não estou cá. Fui ali sozinha acompanhada de mim. Ausentei-me comigo e sentei-me num canto sossegada. Onde as palavras não apetecem e o silêncio ecoa. Onde a luz se apaga e o escuro se impõe.
Hoje não estou cá. Deixei-me aqui e fui lá. Sozinha sem o meu eu. Acompanhada da escuridão e da ausência. Da saudade e da impotência.
Hoje. Amanhã eu volto....
Ou deixo-me lá.'


Por Rita Leston

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Sem qualquer esforço...



'Conseguiria, sem esforço, passar horas a olhar-te. A reparar nos teus gestos. Expressões. Nos teus olhos e no teu sorriso. A ver-te dormir.
Conseguiria, sem esforço, passar horas a ouvir-te. A tomar atenção a todas as tuas conversas. A saber de cor aquilo que me vais dizer de seguida, mas, mesmo assim, voltar a embevecer-me com o que me contas.
Conseguiria, sem esforço, passar horas a tocar-te. A descobrir cada milímetro de ti. A passear o meu toque por ti. A procurar aquilo que mais te agrada. A provocar-te. A desafiar-te. A deixar o meu toque em ti.
Conseguiria, sem esforço, passar horas a provar-te. A perceber a que me sabes hoje. Se a amor calmo, se a paixão em fúria. Se a colo e mimo, se a arrebatamento e urgência. Se ao devagar dos olhos fechados, se à pressa dos olhos nos olhos.
Conseguiria, sim. Sem esforço algum.'


Por Rita Leston