quinta-feira, 29 de maio de 2014

Pergunta do dia

Que raio ando eu aqui a fazer?


Hoje deparei-me a fazer esta pergunta em voz alta...ainda não encontrei a resposta!

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Enviar um obrigado

Já ouviram falar de um servido criado pelos CTT para enviar um 'obrigada'?!
Pois é, existe mesmo e é uma campanha que está a decorrer desde 9 de Maio até 30 de Junho.

Portanto, quem quiser mandar um obrigada por carta de forma completamente gratuita é favor de aproveitar! Eu já o fiz e acho fantástica a iniciativa e quanto a mim...obrigada CTT! :)



Página da campanha:
A maior rede de obrigados

quinta-feira, 22 de maio de 2014

terça-feira, 20 de maio de 2014

Viagens de sonho

Umas das minhas viagens de sonho - Bali, na Indonésia.


'Do ponto de vista geográfico, Bali é só uma das 13.667 ilhas que compõem a Indonésia e está  localizada entre Java e Lombok. Do ponto de vista turístico, o lugar está longe de ser só isso. Refúgio do Hinduísmo em um país majoritariamente muçulmano, Bali tem vida e cultura própria. Entre campos verdejantes de arroz, templos, uma população carismática, comida excelente, preços inacreditáveis e ondas capazes de enlouquecer qualquer surfista, existem inúmeras razões para visitar a ilha. Se você já está convencido disto, segue um pequeno passo a passo sobre como planear sua viagem.
Não existem vôos diretos entre o Brasil e Bali. Por isso, prepare-se para trocar de avião no mínimo duas vezes (alguns voos malucos exigem até cinco conexões).  KLM, Qantas, Singapore Airlines e Qatar Airways são algumas das companhias que pousam no aeroporto de Depensar (Bali). As principais rotas passam por Cingapura, Johanesburgo, Amsterdã e Doha, no Qatar. Espere desembolsar no mínimo $2000 pelas passagens de ida e volta.
Dicas de turismo em Bali, Indonésia

Brasileiros precisam de visto para entrar na Indonésia, mas ele pode ser emitido assim que você desembarcar no aeroporto de Bali. Apresente um passaporte com no mínimo seis meses de validade e tenha o comprovante da passagem de volta só por precaução. O visto para sete dias custa $10. Se você for ficar mais tempo, vai ter que pagar pelo visto de um mês, que sai por $25.
Balinês. Mas, como no resto do sudeste asiático, é possível se virar bem com o inglês.

UTC/GMT +8, ou 11 horas a mais que o Brasil. Isso significa que quando aqui for 9h, lá os relógios marcam 20h.
O código de telefonia internacional da Indonésia é o +62. Já o prefixo da ilha de Bali é 36. Internet wi-fi está disponível em um grande número de hotéis e restaurantes voltados para turistas.
Dicas de turismo em Bali, Indonésia
A moeda é a desvalorizada Rúpia Indonésia, que vale cerca de R$0,0002. Ou seja, nosso dinheiro vale um bocado por lá e dá pra pagar de rico numa boa. Aproveite sua estadia em Bali para desfrutar da melhor relação custo/benefício já vista. Não é a toa que a Indonésia é considerada um dos países mais baratos para turistas.
Transporte público é algo praticamente inexistente em Bali. A opção de muitos turistas é alugar carros ou motos e lidar com o trânsito intenso a maior parte do dia. Se você pretende fazer isso, providencie sua carteira internacional de habilitação. Os policiais de lá adoram parar estrangeiros para tentar extorquir alguma coisa de quem está irregular.
Outra opção é alugar um carro com motorista. Apesar de um pouco mais cara, é bem mais confortável e pode sair em conta se você fechar para um ou mais dias. Lembre-se: assim como na Índia, a pechincha é a alma do negócio.
Assim que você descer no aeroporto de Depensar, dezenas de motoristas de taxi vão se oferecer para te deixar no hotel. Não pense duas vezes: não escute nenhum deles e contrate logo um taxi pré-pago que possua preço tabelado – o guichê fica perto do portão de desembarque. A diferença de preço pode chegar a 300%.
Os termômetros de Bali raramente marcam menos de 28ºC. A estação chuvosa vai de novembro a abril, já a seca, de maio a outubro.
O período de chuvas é ideal para quem quer praticar rafting. Os surfistas preferem a estação seca. Se você não é nem um nem outro, talvez vá gostar de ir no finalzinho da estação chuvosa, em abril, e aproveitar o lugar com poucos turistas e preços ainda mais inacreditáveis.


Retirado de: http://www.360meridianos.com/2012/09/dicas-de-turismo-em-bali-indonesia.html#ixzz32GyBfjyU

segunda-feira, 19 de maio de 2014

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Pensamento do dia


"Organize-se.

Dedique um tempo para organizar seus sentimentos. Selecione bem seus planos.
Conecte-se com o equilibrio Universal. Tudo se completa, tudo se equilibra entre secar e florescer."
|Andreza|

Não é o outro que nos preenche...


quinta-feira, 15 de maio de 2014

Preciso de força!




Preciso confiar em mim e no que me reserva a vida. Viver um dia de cada vez e não sofrer por antecipação. Reconquistar a minha auto estima, o meu amor próprio e fazer valer os meus gostos e vontades. Deixar de precisar do apreço, atenção ou reconhecimento de quem quer que seja. Saber viver com as minhas sombras, os meus defeitos, as minhas dúvidas, os meus medos. Saber identificá-los e não os ignorar, porque fazem parte de mim. Ter força para eliminar as várias desculpas que dou a mim mesma e aos outros por aquilo que faço e por aquilo que não faço, mas que devia fazer. E são tantas as desculpas que vamos criando que acabamos por acreditar nelas e o mais grave é que de nada nos ajudam, apenas nos fazem estagnar e a adiar o que precisamos fazer.
Neste momento sinto-me sem forças e não me reconheço. Preciso de encontrar o caminho para a saída sem ser o mais fácil, mas palpita-me que vai demorar o seu tempo...e que não vai ser fácil!


                                                    "Às vezes a gente só precisa confiar. 
Deixar a afobação de lado e parar de adivinhar o que vem depois. 
Pressa demais não escreve história..." 

(Marcely Pieroni) 

Desculpas



"...para conseguir resultados espectaculares na nossa vida, temos primeiro que nos desfazer de todas as desculpas que nos impedem de utilizar o nosso verdadeiro potencial."

Em 'A vaca' de Camilo Cruz

quarta-feira, 14 de maio de 2014

As coisas vão mudar...



'Nem que eu lute contra mim todos os dias, as coisas vão mudar.'

Caio Fernando de Abreu

Os novos trintões têm medo de envelhecer

'Os novos trintões têm medo de envelhecer. Vivem uma espécie de nostalgia de um futuro que ainda não têm. Parece-lhes tarde para tudo. Já lhes parece tarde para terem filhos, tarde para serem solteiros, tarde para ainda não serem nada profissionalmente, demasiado cedo para terem medo de envelhecer.

Trintão que é trintão nunca admite que tem medo porque está na idade de ser o mais valente dos mais novos, de querer rasgar a multidão com vitalidade e energia, de fazer tudo, quando não sabe o que quer fazer realmente, tanta é a liberdade no corpo, tão poucas são as opções que a vida lhe dá. O novo trintão está em contra relógio com a vida porque não vê ao fundo a meta — que já queria ter cortado — de ser grande.

Os novos trintões sofrem em silêncio com a agonia do futuro que nunca mais é presente. Até parece gira esta ideia da juventude se prolongar para lá do antigamente mas trintão que é trintão, nos dias de hoje, faz contas à idade que já não tem. Não, estes novos trintões não são necessariamente depressivos nem fatalistas. São só nostálgicos de um futuro que têm medo de ser curto demais, quando forem realmente adultos.

Como os novos trintões cortam a meta de serem grandes demasiado tarde, levam a vida a fazer contas de matemática aos sentimentos. A tabuada diz-lhes a idade que terão quando tiverem capacidade para serem pais, noves fora quatro dá a agonia dos anos com que vão viver a juventude dos filhos, antecipam a falta de vitalidade que vão ter para rasgar a multidão da infância que corre neles, dividem tudo e têm medo de estar a perder o tempo dos avós que lhes querem dar como sendo, garantidamente, os mais valentes dos mais velhos que há no mundo.

Os novos trintões não são só uma geração sem perspectiva com medo de emigrar pela saudade de quem deixam. Os novos trintões antecipam um futuro que ainda não têm e desenham — num silêncio cheio de equações de insegurança — a matemática do futuro, sem máquina com capacidade de calcular.'

Por Marta Couto P3

terça-feira, 13 de maio de 2014

Como fazer Meditação - Passo a Passo

  1. Escolha um lugar calmo, onde se sinta bem e confortável. É preferível que medite sempre no mesmo espaço todos os dias - o hábito ajuda-o a manter a prática diária.
  2. Se desejar, pode fazer ao lado de um pequeno altar com imagens de sua devoção, cristais, flores e incenso. Mas, se não tiver espaço para isso, não tem importância: a sua prática não será prejudicada.
  3. O melhor horário para fazer a meditação é logo ao acordar, depois da higiene matinal e antes do pequeno almoço. Logo cedo, a mente está mais calma. Nos momentos que antecedem a ela, procure deixar suas preocupações de lado e, principalmente, evite pensar nos compromissos do dia. Agora é hora de silenciar e ganhar energia.
  4. Sente-se numa cadeira com as costas direitas ou numa almofada mais dura com as pernas cruzadas, se tiver acostumado a isso. Ajuste o corpo e tente ficar relaxado.
  5. Procure ficar com coluna direita, sem forçá-la. Assim as energias circulam correctamente em todo o corpo. No Oriente, o ser humano é considerado uma ponte entre o céu e a terra, e o bom posicionamento da coluna facilita a conexão entre as energias celestes e terrestres.
  6. Encaixe a cabeça no topo da coluna. Traga o queixo um pouco para trás de modo que a cabeça fique em linha reta, nem inclinada para frente nem para trás. Deixe a língua relaxada na boca, com a ponta atrás dos dentes inferiores. Coloque as mãos, bem soltas, sobre as coxas.
  7. Olhe para um ponto no chão a cerca de 1,5m à sua frente. A sua visão deve ficar imóvel. Uma das maneiras de tranquilizar a mente é dar-lhe um objeto de atenção fixo, como o olhar e a respiração. Nas meditações em grupo, um sininho ou um gongo anunciam o começo e o fim da prática. Em casa, ela começa quando se sentir preparado para iniciá-la.
  8. Preste atenção à sua respiração, no ar que entra e sai. Não interfira no seu ritmo, apenas preste atenção. A respiração será o seu apoio principal, as rédeas que vão controlar a sua mente.
  9. Se perceber que as suas emoções ou pensamentos já voaram para longe, gentilmente, mas com firmeza, volte a atenção para a respiração. Quando perceber um pensamento, apenas diga para você mesmo: "Pensando". Com essa "etiqueta mental", percebe que existe um espaço entre si e as suas preocupações.
  10. Ver os seus pensamentos é uma ação inédita para sua mente. É como sair de um rio turbulento, turvo, e ver que é muito mais do que ele. Algo se separa. Desta nova perspetiva, pode perceber como esteve submerso no rio das suas ideias sem perceber.
  11. Ao distanciar-se dos pensamentos e vê-los de longe como nuvens que passam, perceberá o quanto a mente é espaçosa e cristalina. No começo, terá essa sensação apenas em breves segundos. Depois, a sensação de calma e pureza começa a durar mais tempo. Consciente do espaço que existe entre si e a sua atividade mental, passa a observá-los, e assim eles se acalmarão. Estará a vê-los de longe, como quem olha um cavalo que come sereno no pasto.
  12. Os pensamentos ainda insistirão em voltar, são como um potro selvagem que não quer ser domado. Aquilo que chamamos ego quer retornar para assumir os seus pensamentos e preocupações.
  13. Continue apenas a prestar atenção à respiração. Se pensar, coloque a etiqueta "pensando" e volte à respiração. Sinta o corpo relaxar, mas mantenha a postura. Depois do combate inicial, a tendência natural da mente é ir se aquietando, aquietando...
  14. Comece a meditar entre 10 e 15 minutos por dia. Chegue aos 20 e se conseguir, depois de algum período de prática, chegue aos 40 ou 50 minutos. Também poderá praticar na hora de dormir por mais 20 minutos ou meia hora.
  15. Sairá da meditação noutro estado. As emoções e os pensamentos estarão mais tranquilos e sua mente estará mais alerta. A acumulação dessa força fará muito bem à sua saúde. É como se se encharcasse cada vez mais de boas e subtis energias.
  16. Disciplina e constância são necessárias - a meditação é uma prática diária. Para isso acontecer, é preciso convencer-se dos seus benefícios - e eles realmente acontecem ao longo do tempo.
  17. Procure ligar-se a algum grupo que pratique meditação pelo menos uma vez por semana. Assim fica mais fácil manter a disciplina.*



* Texto retirado integralmente da página: http://www.taichiportugal.com/meditacao/med_passos.html

A minha procura por equilíbio e bem estar

Ando há já alguns anos à procura da minha espiritualidade. Soa mal quando o escrevo, mas é realmente isto. Tenho a noção que o meu Eu, a minha consciência, o meu corpo e o meu espirito não estão a ser trabalhados corretamente, nem sequer estão a trabalhar em conjunto para o seu bem estar e que eu ainda não encontrei o caminho correto para mudar isso. Mas como acredito que tudo na vida leva o seu tempo, ainda continuo a procura desse caminho e gosto de acreditar que estou cada vez mais perto dele.
Hoje andei a pesquisar sobre Tai Chi e estou seriamente e pensar em experimentar. Sei que a meditação era algo que me iria ajudar no dia a dia e vejo-me a faze-lo com determinada facilidade.

" a meditação é vista como um estado que ultrapassa o intelecto, onde a mente é posta em silêncio para dar lugar à contemplação espiritua"*

* Retirado: http://www.taichiportugal.com/meditacao/med_tipos.html

Meditação 

Etimologia

A palavra meditação vem do Latim, meditare, que significa voltar-se para o centro no sentido de desligar-se do mundo exterior e voltar a atenção para dentro de si. Em sânscrito, é chamada dhyana, obtida pelas técnicas de dharana (concentração), no chinês dhyana torna-se ch'anna e sofre uma contracção tornando-se Ch'an e Zen em japonês.

Definição

A meditação costuma ser definida da seguinte maneira:
  • um estado que é vivenciado quando a mente se torna vazia e sem pensamentos;
  • prática de focar a mente num único objecto (por exemplo: numa estátua religiosa, na própria respiração, num mantra);
  • uma abertura mental para o divino, invocando a orientação de um poder mais alto;
  • análise racional de ensinamentos religiosos (como a impermanência, para os Budistas);*
*Retirado: http://www.taichiportugal.com/meditacao/meditacao.html


segunda-feira, 12 de maio de 2014

Get up...and let it go!





"Time keeps flying

And you keep on trying 
Get up 
And do it 
Good Life is precious
Full of treasures 
Get up And live it out

Maybe 
It's meant to be
This constant struggling
Get up And make it real 
Somehow i believe
Theres a reason for everything 
Get up 
And let it go"



Inspiração do dia...

Sim, do dia, porque não resulta todos os dias, nem sempre chega a dita da cara de paisagem e mandar à merda mentalmente, às vezes tem que ser verbalizado. Mas que me apercebo que  há cada vez menos gente merecedora do simples esforço de o verbalizar...lá isso há...

sexta-feira, 9 de maio de 2014

Cabeça VS coração

Há medos que nos surgem na cabeça que não combinam com o que nos vai no coração. São pensamentos que já se conhecem e que se erradicaram à força na devida altura. A intenção é mesmo que não voltem e que 'as ditas borboletas se mantenham na barriga, onde pertencem'. No entanto hoje, pela primeira vez em muito tempo, surgiu uma 'borboleta fora do sítio', foi criar desassossego. 
Foi o pressentimento de que muita coisa vai mudar, foi algo a dizer-me que muitos dos meus pensamentos há muito tempo atrás estavam corretos e que muita coisa ficou por resolver...e a borboletinha veio dar-me razão. Mas eu não a vou alimentar, não posso, não quero, faz-me ter um nó na garganta e eu não quero isso. Vou deixá-la ir...e o que tiver que ser, será.



Detesto quando as 'borboletas' que seriam supostas estarem na barriga, 
passam a estar na cabeça...

Muito eu...


'Eu tenho essa tendência geral para exagerar e resolvi tentar não exigir dos outros, 
senão o mínimo. É uma forma de paz…'

Clarice Lispector.


Nunca é tarde


'Nunca é tarde, às vezes é apenas cedo demais. Eu tenho que entender isso. Aliás, eu tenho que entender tantas outras coisas.'

Caio F. Abreu.


quinta-feira, 8 de maio de 2014

No amor...

'No amor ninguém pode magoar, cada um de nós é responsável por aquilo que sente e não podemos culpar o outro por isso. Ninguém perde ninguém, porque ninguém possui ninguém.'


Angústia


E se a angústia apertar, que possamos desatar esse nó antes que chegue a sufocar.
O problema maior é que o nó nem sempre depende de nós para ser desatado.

terça-feira, 6 de maio de 2014

Sabes uma coisa?


Daquelas coisas que acho que nunca se devem perder, os pequenos mimos ao longo dos tempos, ao longo do dia, sem datas nem pretextos, apenas porque apetece.

segunda-feira, 5 de maio de 2014

Eu bem tento ter pensamentos positivos, mas depois...

"Never underestimate what you can accomplish 
when you believe in yourself."

Tentar focar-me neste pensamento quando no fundo o que estou a pensar é qualquer coisa como isto: