Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2009

Halloween - alguns significados simbólicos

A abóbora: simboliza a fertilidade e a sabedoria
A vela: indica os caminhos para os espíritos do outro plano astral.
O caldeirão: fazia parte da cultura - como mandava a tradição. Dentro dele, os convidados devem atirar moedas e mensagens escritas com pedidos dirigidos aos espíritos.
A vassoura: simboliza o poder feminino que pode efectuar a limpeza da electricidade negativa. Equivocadamente, pensa-se que ela servia para transporte das bruxas.
As moedas: devem ser recolhidas no final da festa para serem doadas aos necessitados.
Os bilhetes com os pedidos devem ser incinerados para que os pedidos sejam mais rapidamente atendidos, pois se elevarão através da fumaça.
A aranha - simboliza o destino e o fio que tecem suas teias, o meio, o suporte para seguir em frente.
Os morcegos - simbolizam a clarividência, pois estes vêem além das formas e das aparências, sem necessidades da visão ocular. Captam os campos magnéticos pela força da própria energia e sensibilidade.
O sapo - está ligado à simbo…

Amores...

Imagem
"De almas sinceras a união sincera
Nada há que impeça: amor não é amor
Se quando encontra obstáculos se altera,
Ou se vacila ao mínimo temor.
Amor é um marco eterno, dominante,
Que encara a tempestade com bravura;
É astro que norteia a vela errante,
Cujo valor se ignora, lá na altura.
Amor não teme o tempo, muito embora
Seu alfange não poupe a mocidade;
Amor não se transforma de hora em hora,
Antes se afirma para a eternidade.
Se isso é falso, e que é falso alguém provou,
Eu não sou poeta, e ninguém nunca amou."

William Shakespeare

Amores verdadeiro, amores eternos...
Posso dizer que já acreditei que existia aquela pessoa que estava destinada a nós, nenhum princípe encantado, porque não acredito em nada nem em ninguém perfeito, mas já acreditei que aparecendo essa pessoa, facilmente se daria conta e saberiamos que era aquele/a...
Hoje não penso assim...
Acredito, se calhar, que existem pessoas com que se tem uma ligação que é criada facilmente e que resulta na perfeição. Acre…

Jóias da velhice...

Imagem
Duas senhoras idosas estavam a tomar o café da manhã num restaurante.
Maria notou alguma coisa engraçada na orelha de Edite e disse:
- Edite, você sabe que está com um supositório na sua orelha esquerda???
Edite respondeu:
- Eu tenho um supositório na minha orelha??
Ela o puxou, olhou para ele e então disse:
- Maria, estou feliz que o tenha visto... agora acho que sei onde encontrar o meu aparelho auditivo...



Uma velhota, durante a missa, inclina-se e diz ao ouvido do seu marido:
- Acabo de soltar um pum silencioso. Que achas que devo fazer?
O velho responde?
- Agora nada. Mas quando sairmos vamos comprar pilhas novas para o teu aparelho auditivo.

Momentos inteligentes...

Imagem
Umtipo decide vender o carro e, como já é usual, utiliza o método decolocar um anúncio com o nº de telemóvel no vidro traseiro docarro.  Dirige-se para o trabalho e conduz muitotranquilamente a50Km/h. De repente toca o telemóvel:
-Bom dia, fala de uma unidademóvel da Brigada de Trânsito daG.N.R. e estamos atrás de si.O senhornão sabe que é proibido atender o telemóvel enquanto conduz?  Encostepor favor!



Não está fácil não...

Imagem
Digo-vos uma coisa...o pessoal começa a pensar nuns diazinhos de "fuga" e relaxe, com umas massagens e tal, aquelas coisas a que todos deveriamos ter direito...mas não está fácil!
Ou porque não permitem quartos triplos para este tipo de programas, parece que acham que é demasiado romântico então só assumem quartos duplos (ou seja, não dá para fazer lá uma ménage à trois com massagens e esfoliações pelo meio, tirem o cavalinho da chuva se alguma vez pensarem nisso); ou porque o valor é um verdadeiro exagero e para além do mais não inclui sequer a alimentação, ou porque o caraças...fónix...
Porque que não somos todos ricos pah?! Às vezes até me canso de fazer tantas contas...

Amish...

Imagem
Acho que vou virar uma Amish...Que vos parece?!
Manter um estilo de vida tipicamento do século XVIII em pleno século XXI (o que sinceramente considero uma coisa incrível)!
Dedicar-me à vidinha campestre, à família e à procriação, tudo segundo as leis de Deus claro está.
Não deixo de considerar isto tudo admirável! As pessoas que optam por este estilo de vida rejeitam tudo o que é tecnologia no seu lar, como é o caso da eletricidade, mas o caricato é que, por exemplo, no celeiro já podem usar geradores para a extracção do leite nas vacas! São geradores a gás ou diesel para assim poderem evitar os fios eléctricos!
Ou seja, as suas escolhas são feitas conforme a sua utilidade para as actividades do dia-a-dia, nunca poderiam optar por alguma coisa apenas por diversão ou curiosidade!
Tudo o que consumem e o que vestem é produzido por eles, a ideia é que o guarda-roupa sendo limitado elimine o orgulho e a inveja que vêm com a moda, além do desperdício de tempo e dinheiro.
Esta comunidade tem vind…

O concretizar de sonhos...

Todos temos talentos, mas apenas alguns têm a perspicácia de os descobrir e desenvolver. Esses são os homens e mulheres de sucesso, por se sentirem realizados naquilo que fazem.

Talvez saiba escrever muito bem, ou cantar, ou incentivar outras pessoas a levarem a cabo os seus projectos, enfim, a lista tornar-se-ia infindável… mas a consciência das responsabilidades, misturada com uma certa dose de receio, impedem as pessoas de mergulharem de cabeça nos seus sonhos. Medo do fracasso, sentimentos de inferioridade, podem estar bloquear um grande projecto de vir à luz do dia. Um projecto que está dentro de ti e pode transformar vidas, a começar pela tua! Tudo tem o seu grau de risco e para tudo precisamos de um grau de fé!
(...) 
Nunca se sabe quando a concretização de sonhos antigos lhe podem trazer benefícios financeiros que nunca imaginou conseguir! Mas uma coisa é certa, a satisfação pessoal que alguém sente, quando é reconhecido naquilo que gosta de fazer, não tem preço.

Quer saber qual é…

Sucesso no trabalho...

..."Se os seus valores estão desligados ou explicitamente comprometidos pelo seu trabalho...a solução é deixar esse emprego. Ficar pelo dinheiro ou pela segurança é um mau negócio a longo prazo. Irá roubar o melhor que há em si."

Segundo o que tenho lido sobre este tema, o segredo passa por descobrirmos o que não gostamos de fazer, focando-nos nos nossos pontos fortes e a partir dai expandi-los o mais que pudermos.
São quatro os sentimentos que podem resultar ao fim de um determinado tempo em que fazemos algo que nos desagrada: tédio, falta de realização pessoal, frustação e um sentimento de esgotamento.
Nenhuma delas agradável, mas todas com solução. Basta ter-se determinação e força de vontade, começando por tentar mudar pequenas das nossas funções, acabando por optar por uma completamente nova.


"(...) lembre-se de que o seu sucesso sustentado depende da sua capacidade de eliminar da vida profissional aquelas actividades ou pessoas que o desviam do trilho dos seus pontos …

Eu me confesso...

Imagem
...com vontade de cometer uma loucura!
E essa loucura passa por..........comer uma valente de uma Francesinha!
É isso mesmo, estou com saudades! Aliás, nem me lembro sequer da última que comi.
Alguém me quer recomendar algum sítio aqui pelo Porto onde sirvam boas Francesinhas?!
E podem vir também que eu deixo...bora...


Turbilhão...

Imagem
Ultimamente a minha mente tem parecido um verdadeiro mar em tempo de Inverno, em completo desassossego e turbilhão!
Não é que seja  uma coisa completamente anormal (pronto, está bem), mas tem sido mais do que é suposto e isso revela-se na minha forma de estar!
Tenho andado a mil, nervosa e agitada, aposto que as minhas tensões subiram e com isso tenho tido pouco descanso! E se me perguntarem o porquê, não sei se saberia explicar...
O que é certo é que há alturas em que me canso! Canso-me simplesmente de tudo o que me rodeia, da nossa vida rotineira, do tempo que passa a voar e não dá para fazer nada de nada, do facto de termos que trabalhar para sobreviver, de observar hipocrisias, falsidades e mentiras! Cansada de me "dar" facilmente às pessoas, gostando delas de forma incondicional e só levar para trás, cansada de sentir que sou usada apenas tendo em conta as suas necessidades!
Cansada até de mim mesma e daquela mania estúpida de observar tudo e mais alguma coisa, achando…

Disfarce da dor...

Imagem
"Tento disfarçar a minha dor
com uma face, dor que não se encherga,
só eu vejo o sentimento
que sufoca meu coração,
entristece minha alma
e perturba minha mente,
por dentro eu grito e choro como
uma criança sendo torturada,
mas por fora sou uma simples pessoa
tentando disfarçar a realidade que vive,
e disfarço tão bem que poucos percebem."

Florbela Espanca 

A minha cidade...

Imagem
Passear pela baixa relaxa-me!
Aquelas casas centenárias, as pessoas todas a correr de um lado para outro, completamente diferentes umas das outras, os casais reformados que lá vão passear, os turistas com as suas máquinas e o olhar de descoberta, a viagem de comboio e o reencontrar dos mesmos rostos logo pela manhã e aquele sorriso quase como se fosse um cumprimento!
Às vezes dou por mim a pensar em como será a vida de cada um, se são felizes, se gostam do que fazem, se apreciam o que lhes rodeia...
Acho a cidade do Porto inconfundível, é uma cidade fantástica, com uma história, paisagens e vistas que são uma verdadeira Maravilha...
A zona ribeirinha, com o rio e as suas pontes, o comércio de rua, a zona litoral, as caves de Vinho do Porto, os monumentos, museus e igrejas, as festas populares, os mercados e as feiras, os parques naturais, etc.
Ainda hoje, e por muitas vezes que por lá passe, fico sempre maravilhada...e é ai que me apercebo, que ainda tenho tanto para conhecer!



Ninguém merece...

Imagem
Pois é, vou estar os próximos 3 dias em formação e nem me lembrava...
Tendo em conta que a formação é na Reitoria da Univ. do Porto que se situa na baixa da cidade e o tempo fantástico que tem estado, prevejo umas boas "molhadelas" e muito trânsito.
Estou a ponderar ir de comboio, porque de carro não estou mesmo a ver...
Para além disso, tive a infeliz notícia que uma colega minha de trabalho também vai à formação...até podia ser uma boa notícia, companhia e tal, mas não é mesmo o caso...dispensava completamente que aquele ser completamente atrofiado e maluco da cabeça, que só vai lá perder tempo e pelo certificado, também fosse à formação!
Já estou para aqui a tentar magicar como me livrar dela na hora do almoço...é que não me levem a mal, mas ainda acabo maluca no fim dos três dias!
E ainda me dizem..."tenta ajudá-la sim?! Já sabemos que ela não vai lá fazer nada mas não lhe podemos recusar que vá..." E pergunto eu, que mal terei eu feito para me calhar logo a mi…

Recomendo...

Ontem foi dia de cinema caseiro...e a escolha foi para uma comédia ligeirinha que sabe sempre bem :)
Devo dizer que é um filme bastante agradável e por isso o recomendo!
É engraçado, é romântico (à sua maneira) e lá no fundinho ainda nos consegue fazer pensar em pequenas coisas...like feelings...  :)
Juntam-se dois intérpretes lindérrimos e temos o filme My Best Friend's Girl. 
Fica o vídeo para vos aguçar a curiosidade :)


Dia de publicar miminhos...

Imagem
Selinho oferecido pela Bubble Mind. Obrigada minha querida :))

E as regras são então as seguintes:

1- Escrever uma lista com 8 características suas;
2- Convidar 8 blogueiros para receber o selo;
3- Comentar no blogue de quem lhe deu o selo;
4- Comentar no blogue de quem escolheu;

Ora, assim sendo, cá vai:

1- Considero-me amigável (pelo menos à primeira vista); :)))
2- Adoro conviver e conhecer novas e diferentes pessoas;
3- Sou uma eterna apaixonada, que gosta de acreditar que tudo na vida deve ser feito por gosto, por amor;
4- Sou bastante observadora;
5- Considero-me uma pessoa divertida (pelo menos tenho os meus dias);
6- Sou preguiçosa, tenho aquele péssimo pensamento de deixar para amanhã o que podia ter ficado feito já hoje;
7- Sou uma sonhadora! Por muito mal que esteja, gosto de acreditar que o melhor pode estar sempre para chegar!
8- Sou amante de desporto :) Adoro aquela sensação de relaxamento depois de terminarmos o treino e de tomarmos um bom banho...

E os 8 blogues qu…