Amores...

"De almas sinceras a união sincera
Nada há que impeça: amor não é amor
Se quando encontra obstáculos se altera,
Ou se vacila ao mínimo temor.
Amor é um marco eterno, dominante,
Que encara a tempestade com bravura;
É astro que norteia a vela errante,
Cujo valor se ignora, lá na altura.
Amor não teme o tempo, muito embora
Seu alfange não poupe a mocidade;
Amor não se transforma de hora em hora,
Antes se afirma para a eternidade.
Se isso é falso, e que é falso alguém provou,
Eu não sou poeta, e ninguém nunca amou."


William Shakespeare

Amores verdadeiro, amores eternos...
Posso dizer que já acreditei que existia aquela pessoa que estava destinada a nós, nenhum princípe encantado, porque não acredito em nada nem em ninguém perfeito, mas já acreditei que aparecendo essa pessoa, facilmente se daria conta e saberiamos que era aquele/a...
Hoje não penso assim...
Acredito, se calhar, que existem pessoas com que se tem uma ligação que é criada facilmente e que resulta na perfeição. Acredito em dois seres que se completam, embora sendo muito diferentes, completando-se precisamente nas suas diferenças. Acredito que duas pessoas se juntam quando têm os mesmos objectivos de vida. Acredito, que muita gente confunde uma grande amizade ou uma paixão com um grande amor. Acredito que existem pessoas que se mantêm sozinhas porque de tanto sofrerem não se conseguem dedicar a mais ninguém...Acredito que muitos têm medo de amar, de amar de verdade, porque se assim for, sabem à partida que jamais haverá retorno, jamais se esquecerá... Podem e com certeza que vão voltar a amar, mas nunca será igual! E o erro está quando se acha que voltando a amar será da mesma forma, não é...nunca será!
Há coisas em que acreditei, outras em que acredito, outras que gostava de acreditar!
Mas uma coisa é certa, continuo (e espero que para sempre) a acreditar no amor...

Comentários

PP_FANTASMA disse…
Nice Blog!
Keep on writing:)
Ks
Sílvia Maria disse…
Neste momento nem sequer consigo opinar acerca do amor...paixões, principes, relações perfeitas ou quase...tudo me parece distante. Neste momento nem sequer consigo acreditar que um dia amei alguém!
Mas quero acreditar no amor...
"Acredito que existem pessoas que se mantêm sozinhas porque de tanto sofrerem não se conseguem dedicar a mais ninguém..." Acertaste na mouche...

Não sei se não consegue amar mais, ou de igual forma, mas se calhar até sim.
Elisabete disse…
PP_fantasma: Obrigada. Volta sempre :)
Bjs

Sílvia: Eu compreendo o que queres dizer, acredita que sim!
Acho que todos queremos...

Gimbras: De forma igual sinceramente não acredito, a questão do mais e do menos é muito relativo, mas acho que nunca é de forma igual, até porque as pessoas são diferentes, tu já estarás diferente, etc., etc.
Diferente sim, mais ou menos não.
ººº
Temos que acreditar ... SEMPRE.
Fatucha disse…
Mto bom! gostei de ler...e eu confundi isto "Acredito que duas pessoas se juntam quando têm os mesmos objectivos de vida. Acredito, que muita gente confunde uma grande amizade ou uma paixão com um grande amor" mas a vida é assim uma aprendizagem constante!

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos