Turbilhão...

Ultimamente a minha mente tem parecido um verdadeiro mar em tempo de Inverno, em completo desassossego e turbilhão!
Não é que seja  uma coisa completamente anormal (pronto, está bem), mas tem sido mais do que é suposto e isso revela-se na minha forma de estar!
Tenho andado a mil, nervosa e agitada, aposto que as minhas tensões subiram e com isso tenho tido pouco descanso! E se me perguntarem o porquê, não sei se saberia explicar...
O que é certo é que há alturas em que me canso! Canso-me simplesmente de tudo o que me rodeia, da nossa vida rotineira, do tempo que passa a voar e não dá para fazer nada de nada, do facto de termos que trabalhar para sobreviver, de observar hipocrisias, falsidades e mentiras! Cansada de me "dar" facilmente às pessoas, gostando delas de forma incondicional e só levar para trás, cansada de sentir que sou usada apenas tendo em conta as suas necessidades!
Cansada até de mim mesma e daquela mania estúpida de observar tudo e mais alguma coisa, achando que tudo tem um significado e fazendo com que sofra por antecipação! Até pode ter, é certo, pode é não ser aquilo que estou a pensar! E para quê?!
Não consigo evitar, mas vou trabalhar nisso!
Se eu me canso de mim mesma, o que dirão os outros...


Comentários

Phyxsius disse…
Como eu te compreendo, Elisabete...

Podia ter sido eu a dizer essas mesmas palavras...
Phyxsius disse…
Ah... Não é questão de te cansares de ti ou não. Parece-me é que ainda não encontraste que se canse contigo! ;)
Como é que se diz? Já somos dois. Aliás, três, porque o Phyxsius também sente o mesmo.

E, por acaso, até ando nessa fase agora. Estou a sair dela, mas... ainda não totalmente.
Dina disse…
Tenho exactamente estas mesmas fases. O pior é que não há nada especificamente a despoletá-las. O que vale é que tb acabam rápido... Bjinhos!
kuka disse…
Li-me neste teu texto,porque sofro exactamente da mesma maneira,sem tirar nem pôr.E também me canso de mim,por isso às vezes penso que é melhor desistir de certas coisas.E também acho sempre que tudo tem um significado...e infelizmente é sempre negativo.Estou nesta fase também...tenho uns dias bons e outros maus...Chamo-lhe de alturas em que estou farta da vida e depois passa,porque já a amo novamente.E sim,é cansativo.
Força
beijinhos
Sílvia Maria disse…
Às vezes gostava de possuir poderes especiais que conseguissem mudar alguma coisa. Eu sei que estás diferente, eu já vi, eu sinto-o. Mas não entendo...compreendo o cansaço da rotina pois consegue ser deveras desgastante mas tu tens tantas coisas boas na tua vida e quando te vejo, ao final da noite, tens sempre uma companhia tão boa que te dá tanto miminho. O que te falta? São as pessoas que têm assim tanto poder sobre ti para te fazer mal? Não te sintas mal porque te dás incondicionalmente e tem vezes que não retribuem. Acredita que todos passamos por isso e nas alturas que mais em baixo nos sentimos pior parece. Mas lembra-te daqueles que gostam de ti, que gostam da tua companhia e de conversar contigo pois esses sim merecem tua atenção.
Alegra-me esse olhar pois não gosto de te ver assim.
Estou aqui...meio perdida (mediadora de casais e vela de serviço :S) prontinha para escutar teu coração.
Anima-te.
Gosto de ti
Há que seguir o que diz a Sílvia Maria.
Elisabete disse…
Phyxsius: Afinal ainda há alguém que me compreende, que bom :)
Obrigada...

Gimbras: Acho que é mesmo por fases...é inevitável! Talvez seja por estarmos mais sensíveis que qualquer coisa nos afecta!

Dina: Ora nem mais... Beijinho

Kuka: Obrigada Kuka. Beijinho

Sílvia: Neste dia eras tu que estavas inspirada...Há coisas que não te sei explicar, mas deixa-me tentar por as coisas desta forma!
Há determinadas alturas, que devido ao que passados e supostamente aprendemos, impomos determinados limites a nós próprios. Eu também já estabeleci os meus para determinadas situações, mas há alguns que se acabam por quebrar, por um ou outro motivo...Isso vai trazer desilusões que no fundo já sabiamos que iam acontecer e que podiamos ter impedido, mas não o fizemos, não aprendemos com o primeiro erro... e etc., e etc...

Não sei se me fiz entender, mas soube bem escrever :)
Beijinho para ti e obrigada...
(E vê lá se começas a resmungar menos comigo pah, antes que eu te dê porradinha).
Elisabete disse…
Sílvia: Errata :)
Onde tem "passados", é "passamos"...

Ainda era cedo, não ligues...
Sílvia Maria disse…
Quer dizer...não entendi mas pelo menos soube-te bem escrever!! Oh...ontem estava resmungona! Já passou. É carência :)
Miminho...
Eu entendi a mensagem da Elisabete. Limites estabelecidos para não cair em erros, mas... por vezes dá vontade de os quebrar... o que nos coloca frente a frente connosco mesmos. Sentimos que nos estamos a trair a nós próprios. É dura a batalha!

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos