Isso do amar...

Sentimentos que se confundem em muitas ocasiões,
parecidos à primeira vista,
porém, com distinções enormes.

Amar é sentir o teu olhar me invadir
e fazer o meu coração pulsar mais forte.

Gostar é sentir o olhar amigo de uma pessoa
que pode em determinado momento
do nosso caminho nos estender a mão.

Amar é quando o teu sorriso penetra
em minha alma e me faz sentir
uma explosão interna.

Gostar é sentir o sorriso amigo
incentivando-nos por algo que realizamos.

Amar é sentir o toque ardente
em meu corpo o teu abraço
e nele me perder na imensidão do infinito,
é o desencadear de sensações indescritíveis...

Gostar é sentir o abraço amigo
Amparando-nos em momentos difíceis,
Dando-nos o carinho de ombro amigo
para que lágrimas retidas sejam libertadas.

Amar é essa malvada saudade que me invade,
que castiga todos os meus sentimentos
e ao mesmo tempo tira dos meus lábios
um sorriso de realização.

Gostar é a singela recordação
do amigo distante que queremos ver,
conversar, apertar suas mãos
e nos deliciarmos com os momentos passados.

Amar é o prazer do beijo ardente
que faz o sangue percorrer as veias queimando-as
e o disparar dos corações, pulmões, cérebros...

Gostar é o trocar de beijos carinhosos
que provocam a felicidade do encontro desejado.


AMAR é se entregar no todo, inteiro,
é o sofrimento calado
quando a pessoa amada imagina
que dela só GOSTAMOS…
embora na verdade, não seja apenas isso que sentimos...


Comentários

Sílvia Maria disse…
Amar...deveria ser tão simples de acontecer...tão facil de definir...amar será sempre amar, com mais ou menos intensidade, mais ou menos tesão, mais ou menos cumplicidade, mas será sempre amar. O que mais distingue o amor do gostar é apenas o apego que nos possui quando nos apaixonamos por alguem...o apego incrivelmente dificil de abrir mão...

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos