Passo a citar...

" Quando perdemos a confiança em nós próprios, a nossa vida desmorona-se. Nesse momento é extraordinariamente difícil reagir, mas é aí que temos que lutar e não nos deixar vencer pela apatia, o desencanto, a tristeza, a falta de esperança, de fé...a ausência de horizontes"

Por Mª Jesús Álava Reyes 
In A inutilidade do sofrimento 

Esta senhora escreve umas coisas... 
Consegui-me identificar com várias partes deste livro (não sei se será bom ou mau, mas à frente)!
Quase que podia ser eu a escrever este pequeno texto!

Comentários

Rita Moura disse…
Eu acredito que quem ultrapassa uma fase desta é um vencedor e conseguirá ultrapassar todas as adversidades! ; ) ***
Spixii disse…
É verdade, o que custa é reagir e por vezes precisamos mesmo de um abanão para ganhar forças e reagir. A partir daí é mais fácil vencer a luta ;)

Selo no meu blog :)

Beijo*
Zé... da Tal disse…
A capacidade humana para ultrapassar situações desfavoráveis, é quase ilimitada.
Por comodismo, por vezes não assumimos a nossa verdadeira força e torna-se mais fácil entregarmo-nos ao fatalismo, mas é um erro.
Se na savana, animais ditos irracionais, enfrentam crises de seca intermináveis, sem alimento nem água e sobrevivem, porque não nós, inteligentes e sem carências, baixamos os braços?
Tenho para mim, que tudo podemos se quisermos.

Ps: Enganei-me e não é Franceville, mas Libreville.

Saudações
Zé De tudo e de Nada disse…
A sua música espelha a essência da alma feminina.
Flue, calma e doce, derramando mel preenchendo-nos os sentidos.
Quere-se estar sempre a ouvir, e quando se cala, entristece.
Gosto muito, obrigado.
Zé Da Lavra, e outros disse…
Dedico-lhe esta música.
Desejo sinceramente que lhe agrade




http://www.youtube.com/watch?v=SmsTmL7SpG8&feature=related
Elisabete disse…
Rita Moura:
Também gosto de acreditar no mesmo :) Tudo o que nos acontece serve para tirarmos alguma lição!

Spixii:
Muito obrigada! Já fui lá espreitar. Gostei muito do teu blogue, estarei lá mais vezes!
Beijinho

Zé da Tal:
Concordo, as limitações somos nós próprios que as criamos, as dificuldades por vezes nem existem, só na nossa cabeça!
Aqueles a que chamamos de animais conseguem ser mais "racionais" que muitos dos ditos "inteligentes" (nós) em determinadas coisas!

Zé De Tudo e de Nada:
Eu também gosto, de ambas as três! Aliás, adoro música, gosto de me fazer acompanhar por ela em quase tudo na vida!
Fico contente que goste.
E não tem que agradecer.

Zé Da Lavra:
Agradou sim, gosto desse género de música, como o chill out. Muito bonita. Obrigada mesmo.
Tweety disse…
Muito verdade, e muito dificil de se fazer também....

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos