Efeitos colaterais da...

...crise! Essa gaja que anda a dar cabo da mioleira ao pessoal! 
Eu não queria falar do assunto, juro que não, mas é inevitável!
A "tal" da crise, os congelamentos e cortes nos ordenados e afins, crise p'ra aqui, crise p'ra ali, em qualquer que seja o tema da conversa surge sempre um comentário relacionado com ela!
"Havemos de morrer assim, no mesmo sítio da carreira onde nos encontramos agora!", "Comprar roupa?! Ainda pensas em gastar dinheiro?! Olha que isto não está para folestrias!?",  "Estar para além do meu horário de trabalho?! Já foi tempo...Agora faço o meu trabalhinho e não quero saber do resto!"; "Que vamos fazer logo?! Qualquer coisa que não envolva muitos gastos...".

E é assim que está aqui pelas bandas. A malta anda irritada e impaciente com tudo e todos, anda tudo assustado, embora não o queiram admitir, a fazer contas a tudo o que gasta ou que pode vir a gastar, andam desmotivados com o trabalho, porque querem sempre mais e mais e agradecimentos ou benefícios são iguais a zero...So what?!

Vamos viver obcecados com todas estas notícias que nos rodeiam?! Vamos entrar em desespero, não gastar um tostão e deixar que a economia pare de uma vez ao nosso redor?!
Ou vamos tentar ser moderados, viver um dia de cada vez e tentar levar as coisas da melhor maneira?!

Carvalho pah, que já cansa!
Continuo a achar que isto da crise tem muito que se lhe diga, mas eu agora vou ficar por aqui porque já fiquei cheia deste tema por hoje.

Comentários

Nokas disse…
Essa imagem diz tudo!! :)
Sílvia Maria disse…
Mesmo, a imagem descreve bem a situação. Andam os desgraçados a apertar os cintos e os Cabr*** a viver à grande na mesma!
Vamos aproveitando como podemos, mas não nos deixemos cair na depressão pois isso não ajuda a nada!!

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos