Sou muito assim...


"Eu gosto do estranho, do incomum. Gosto daquilo que confunde, que permite diferentes interpretações, que fica nas entrelinhas. Gosto do que aguça a curiosidade, que provoca. Gosto do sarcástico, o normal me cansa… Queriam-me cotidiana, fútil e tributável? Impossível, eu complico mesmo. É mais gostoso assim."


(Martha Medeiros)

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos