Sou o veneno e o antídoto...


‎"Quem pode explicar o que me acontece dentro? Eu tenho que responder às minhas próprias demências e tenho que ser discreta para me receber em confiança.
E tenho que ser lógica para entender minha própria confusão. Ser ao mesmo tempo o veneno e o antídoto."


(Martha Medeiros)

Comentários

Dina disse…
Que gatinho mais fofo!

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos