Medos


"Tenho medo. Claro que tenho medo. Tenho medo de ficar gorda e feia. Tenho medo de deixar de ser a mulher que tu desejas. Tenho medo de que o tempo te afaste de mim. 

Tudo o que desejo até à morte é que me desejes até à morte. 
Ouço por aí histórias. Histórias de homens que abandonam as mulheres de muitos anos porque uma miúda os enfeitiçou. Ouço que é mesmo assim, que tem de ser assim. Mas não tem. O tanas é que tem. És o meu homem e se te apetece uma mulher excitante é bom que essa mulher seja eu. 
A excitação é um processo que envolve muita coisa – mas que também envolve amor."

Por Pedro Chagas Freitas


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos