Diversão...

Eu gosto de sair. Gosto de estar com amigos, de sentir que nos estamos a divertir e que todos estão bem dispostos. Gosto daquela sensação quando nos estamos a marimbar se alguém está a olhar, ou no que irão pensar e/ou dizer...Nahhh! Mas para que isso?!
O que interessa é divertirmo-nos em grande, a partir do momento em que não estejamos a incomodar ninguém, é não pensar em mais nada!
Saem disparates?! Parecemos uns malucos a dançar?! Já te ris como um perdido/a por tudo e por nada?! Who cares?!
No entanto, há determinadas coisas que me metem uma certa confusão...Porquê a necessidade de beberem até perderem a noção do que dizem e fazem?!
"Ah! Porque ela/e trabalha a semana toda é normal que queira aproveitar quando pode?!" Hein?!
Mas é preciso beber para nos divertirmos?! Que o álcool nos ajuda a ficar mais desinibidos?! Ajuda claro, não vou dizer que não. Mas qualquer um de nós, como em tudo na vida, tem que saber manter o controlo sobre si próprio. Há que estabelecer ali alguns limites que a mim me parecem essenciais...
Qual o interesse de no dia seguinte já não nos lembrarmos do que fizemos na noite anterior?! Engraçado é quando tenho alguém que me diz "Desculpa qualquer coisa que possa ter feito ontem...sabes como é!"
Nunca cheguei a esse ponto e nem tenciono fazê-lo. Gosto de estar ciente do que estou a fazer e de ter controlo sobre mim!
Ás vezes assiste-se a cada uma...

Comentários

Sílvia Maria disse…
Humm...sábado foi fixe estou a ver!!! Quero pormenores macabros!! ;)
Elisabete disse…
Sílvia: Sua cusca :) Eu conto, eu conto :)
Foi pena não teres vindo sua choca...Foi fixe :)
LH disse…
Eh pah, sabes bem que só bebo água e suminhos...sempre!
Mas, sim, já apanhei umas valentes bebedeiras. Mas já lá vão uns anitos...
Dexter disse…
Não vou ser mai spapista que o Papa e por isso admito que já cheguei a esse ponto...no entanto, no dia a seguir sinto-me completamente deprimente e estúpido!

Porque o que importa verdadeiramente é divertirmo-nos, bebendo sim, mas ocm parcimónia, e especialmente lembrarmo-nos desses momentos!
Elisabete disse…
LH: Por acaso reparei que bebeste água...mas depois disso não sei o que bebeste mais :)

Dexter: Eu também já exagerei (principalmente quando há jantaradas antes de ir para a noite, é uma desgraça), mas nunca perco a noção das coisas. Lembro-me sempre de tudo o que fiz. Quando vejo que estou a chegar ao meu limite, sei parar...E é o que não vejo na maioria das pessoas!
Sílvia Maria disse…
Cuscas?!? Eu?!? Nunca! Só quero manter-me actualizada. Oh conta...
Não fui choca, apenas não estava nos meus dias para ouvir música muito alta, ou já não te lembras como estava na sexta-feira?!? Humm??
Não digas ao Paulo que vomitei na casa dele...ele não lê o blogue pois não?!? :p

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos