Love...


Em Dia Mundial da Criança dou comigo a pensar em Amor e nesse sentimento que é cada vez mais raro e confundível. As pessoas confundem paixão com amor, amizade com amor, ou simplesmente não sabem amar o próximo, apenas a elas próprias.
E é triste...caramba como eu gostava de voltar a ser criança, sem grande preocupações a não ser a de ter amigos e arrumar os brinquedos. Em que tudo era novidade, em que tudo era sincero, fosse o bom ou o mau. 
E na verdade, o que tenho realmente medo é que a criança que tenho em mim cada vez mais esteja a desaparecer...e que eu não a consiga recuperar! Será bem mais difícil sem o olhar, a inocência e a esperança dela.

Comentários

Sílvia Maria disse…
Recuperas sempre que a quiseres recuperar pois nunca te abandona.
Uns shots de tequilla aqui com moi e soltamos o infantário inteiro!! ;)

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos