Solidão

Solidão: um bom lugar para visitar uma vez por outra, mas mau para se adoptar como morada”

Eu gosto das minhas “visitas à solidão”. Por vezes, em momentos menos felizes a solidão aliada ao silêncio dão-nos a liberdade que precisamos e permitem-nos ter momentos de verdadeira tranquilidade…

Adoro ter o “meu momento”, aquele espaço de tempo dedicado inteiramente a mim, seja para o que for! Preciso disso.

É fantástico andar na rua, no meio da multidão e estarmos de tal forma envolvidos nos nossos pensamentos que perdemos noção da hora e do espaço. Observar tudo em nosso redor e presenciar as mais hilariantes situações e quando damos por nós estamos a reparar em todos os pormenores, a rirmo-nos das expressões dos outros e a tentar adivinhar qual será o seu pensamento naquele momento. Pensar que naquele momento, o tempo parou e tudo está tal como deveria estar, simplesmente perfeito…e eu acabei de chegar ao meu destino mesmo sem ter dado conta…maravilhoso.

Pequenos momentos que nos permitem recolhermo-nos a nós próprios e apenas observar o melhor que o mundo nos tem para oferecer. Tentar, no meio de todo o ruído que se vive na cidade, ouvir a Natureza na sua mais linda forma de expressão…a correria do vento, o bater das ondas do mar, a queda da chuva…

Na troca da solidão, só mesmo o prazer de uma bela companhia…

Comentários

M@ria Joan@ disse…
Eu queria, eu juro que queria comentar, mas não encontro as palavras perfeitas para descrever este post, está perfeito, adorei...:)
Elisabete disse…
Confesso que, até agora, este é o meu preferido :)
Bruno disse…
É sem duvida dos textos mais lindos que li até hoje e que se identifica com o que eu sinto..
Fiquei maravilhado (:
Paulo disse…
Simplesmente Lindo

Paulo Fernandes

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos