Feel loved

Todos nós precisamos de nos sentir amados...
Nem sempre se entende, ou talvez se esqueça, é que temos formas diferentes de o sentir! As carências de afecto são diferentes em cada um, assim como as demonstrações de amor.
O que não quer dizer que se ame ou se goste mais ou menos, apenas de forma diferente, cada um à sua maneira.

A necessidade que tive ao escrever este texto surge porque muitas das vezes também eu pareço esquecer-me disso, quando tento que os que me rodeiam tenham atitudes à minha imagem. Não posso esperar que isso aconteça, nem sequer é correcto que fique à espera delas.
Acima de tudo importa sentirmo-nos amados e quantas vezes temos isso mesmo à nossa frente e teimamos em continuar a não o ver, talvez porque esperamos algo diferente, ou porque queríamos mais, não sei!
Fazemos de complicado o que deveria ser o mais simples da vida, amar e ser amados...

Comentários

Patty disse…
Não podia estar mais de acordo!
Vim aqui parar por acaso e olha gostei do q li ;)!
Elisabete disse…
Patty: Obrigada! :)

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos