De coração...



Quando nos dedicamos a alguém de verdade, é assim...entregamo-nos de coração, entregamo-nos por inteiro! E depois, num dia de maior fragilidade, vem a sensação que nunca é o suficiente, que se pode dar sempre mais, que o que temos não é nada perto do que a outra pessoa merece ou pode ter, para que fique do nosso lado e se entregue da mesma forma!
E nesses momentos, estupidamente assumimos à partida que o amor atinge e funciona em todos de forma igual, erradamente o que sentimos faz com que nos coloquemos num patamar abaixo, como se de um jogo se tratasse em que só recebes conforme o que dás...

No amor, não há esperas, não podem haver expectativas, não existem exigências.
Existe sim um sentimento que é (ou pode ser) mútuo em duas pessoas diferentes, que é sentido e mostrado de maneira diferente mas não é isso que diferencia ou que permite quantificar o quanto se gosta, porque isso é impossível!

O melhor mesmo, é antes de se assumir uma relação ter bem definida a nossa própria identidade, saber quem somos e o valor que temos. Viver a relação e não para a relação. Mentalizarmo-nos que antes de qualquer um, está o nosso bem estar, porque independemente de com quem estamos, é o nosso "eu" que deve sempre prevalecer...é por esse "eu" que devemos ser uns eternos apaixonados!

Comentários

Asiram disse…
sim tudo o que disseste é pura das verdades, mas também é verdade que existe muitas paixões não correspondidas....



bjux
Muito bom. A última parte é a verdade das verdades!

Em relação ao que é sentido e mostrado de maneiras diferentes, lê isto: http://gimbras.nofuturo.com/amar-e

Bjs.
Elisabete disse…
Sofie: Obrigada :)

Asiram: Sim, também é uma realidade e que custa muito!
Bjs

Gimbras: Acho que no fundo todos sabem que é a verdade, mas nem sempre se consegue fazer com que se "cumpra".
Obrigada pela sugestão, tenho que ir lá espreitar!

Bjs
Fatucha disse…
Sim, isso mesmo, bem dito! se não estivermos bem com nós mesmas, t n podemos estar bem com os outros, temos de gostar de gostar de nós para assim gostarem de nós, certo?bjs
Elisabete disse…
Fatucha: Certíssimo :)
Bjos

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos