Será...

...que existe algum tipo de depressão pós-aniversário?!
Hoje era daqueles dias de não sair de casa, de ficar bem sossegadinha no escurinho para ver se esta terrível dor de cabeça me deixava...E isto para não falar das fantásticas olheiras com que acordei, que não sairam nem com aquilo a que chamam do milagre da maquiagem...

Será que já é o peso da idade?!...

Comentários

Asiram disse…
naaaaa, é só o cansaço ;P
Elisabete disse…
Asiram: Foi à conclusão que cheguei...mas nunca se sabe! :)
Joana disse…
NAo, a idade aindanao pesa, e julgo eu ue nao deixa marcas dessas.
Um fim desemana ou uns ias de descanso resolem isso :)
Beijinhos Joana
ana rita disse…
Entre as navegações de simples consultora de blogosfera, deparei-me com este post...e decidi comentar...porque houve momentos em que partilhei a mesma dúvida!!
Nós seres humanos, temos uma insatisfação natural e por vezes, na tentativa de construir um percurso, na procura da felicidade... não valorizamos as pequenas coisas que estão à nossa volta com o devido valor...e nesse dia que supostamente sentimos que devia ser mais especial...deixamo-nos mergulhar no mundo da reflexão e introspecção e fazer balanços do género: "O que construí até agora?" " Mais um ano...o que fiz de mais-valia neste ultimo ano"? ..."projectos para o novo ano"...quer em termos pessoais ou profissionais...e assim ficamos submersos num paradoxo entre as emoções, a razão, os sonhos, e as intercorrências que não dependem de nós...!!
Pode parecer um pouco de filosofia barata de auto-ajuda...mas a mais-valia que temos nos aniversários é podermos sentir que ja vivemos tantos momentos, experienciamos muitos sentimentos, atravessamos barreiras, rimos, choramos, viajamos, amamos...e tudo isso contribuiu para sermos aquilo que somos hoje, e com um sorriso encarar a velocidade da luz com que o tempo passa:)!
p.s. muitos parabéns, um novo ano com muitas emoções fortes e óptimas surpresas
*ccarpe diem*
Elisabete disse…
Joana: Bem vinda Joana! :)
É verdade, o fim de semana ajudou, embora não tenha resolvido a dor de cabeça...mas sei bem que nada tem a ver com a idade :)
Beijinhos e volta sempre...


Ana Rita: É mesmo, mesmo isso! :)
É o pensarmos nos planos feitos e nos que foram concretizados até ai, é o sermos uns eternos insatisfeitos e por isso nem sempre valorizarmos o que realmente importa! É nisso que se pensa nestes dias, no percurso de vida tomado e no que se pretende fazer para continuar! Dai o tal turbilhão de pensamentos e sentimentos!

Muito obrigada pelo comentário, gostei imenso.
Fatucha disse…
olá. tens um desafio lá no meu blog...entreteanto espero que te sintas melhor! bjs
Essa espécie de depressão pós-aniversário pode ser coincidência. Pode ter sido do tempo que manda qualquer um abaixo.

Mas... por acaso eu também fico triste a envelhecer... Agora se fizesse um idade perto dos 20... opá :P vai gozar com outro!
Elisabete disse…
Olá Fatucha! Obrigada, tenho que lá ir espreitar!
Sinto-me melhor sim :) Beijinho

Gimbras: Foi coincidência sim, fico sempre assim por altura do aniversário! Manias que queres :)
Acho que não é necessário pela idade que se tem, mas pelo que se fez até ai...
Sílvia Maria disse…
Eu tive a depressão pré-aniversário e no próprio dia também. Um alivio quando tudo passou!
E vamos ter respeito quando falamos do peso da idade sim? É que feres algumas susceptibilidades como o cota do Gimbras e eu... :p

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos