Pára com isso!

Já vos aconteceu estar a falar com alguém e a determinada altura estarem-se a justificar de determinada coisa sem a mínima necessidade? Pois é, acontece, mas temos que nos deixar disso.
A sociedade em que vivemos por vezes faz-nos sentir essa necessidade, mas na verdade ninguém tem nada a ver com isso. Principalmente no que se refere a estes pontos: 

1. Situação em casa.
A forma como vives a tua vida em casa não é da conta de ninguém, só da tua conta. Não importa se tens colegas de quarto, se vives sozinho, se vives solteiro ou com o parceiro, ou se ainda vives em casa dos pais.

2. Prioridades de vida.

Sonhas abrir um restaurante? Tens um desejo de vender todos os teus pertences e viajar para o Peru? Vai em frente! E lembra-te, nunca precisas explicar as tuas prioridades para ninguém, porque são só tuas, e não estão lá para impressionar ninguém.

3. Precisar de um tempo sozinho.
Se precisas de um tempo sozinho na tua vida, não estás a ser rude, introvertido, ou hostil, apesar do que os outros possam pensar. Só precisas de tempo para ficar sozinho. Todos precisamos de tempo para encontrar o nosso centro e nos reorientarmos.

4. Aparência física.
Todos nós passamos por mudanças com no nosso corpo. Perder peso, ganhar peso, um novo penteado, crescer uma barba ou fazer qualquer coisa diferente na aparência física não requer uma explicação. Eles vão ter que lidar com o teu belo cabelo roxo.

5. Preferências alimentares.
Nem todo a gente é fã de pizzas e hambúrgueres. Algumas pessoas gostam de uma bela sanduíche de banana e bacon ou preferem esparguete com manteiga, em vez de molho de tomate. Todos nós temos gostos diferentes, quando se trata de comida. Se alguém tentar julgá-lo, não ligues. Vai em frente e mergulha as tuas batatas fritas no teu sorvete. :) 

6. Vida romântica.
Este é um acéfalo. É uma parte muito pessoal da tua vida e se a tua vida romântica existe ou não, não é da conta de ninguém. Haverá sempre alguém que vai julgar-te porque estás ou não estás com alguém. Mas, novamente, a opinião deles não importa.

7. Sua carreira ou escolhas pessoais.
Vai na direção do que queres e segue o caminho que escolheste. Se és um artista talentoso que deseja trabalhar no seu campo, segue o teu coração. Se ser advogado é um sonho, vai em frente. Aqueles que realmente se preocupam contigo vão sempre apoiar a tua decisão.

8. Opiniões religiosas ou políticas.
Este é provavelmente o tópico mais complicado e certeiro no que se refere a arranjar discussão. 
Basta perguntar a alguém qual a sua afiliação política ou religiosa e logo começa a discussão. Em quem é que se votou nas últimas eleições, se és católico ou protestante, etc. Mas este é mais um tema que só a ti te diz respeito. A tua escolha e só tua, e não tens nem deves ter que defender as tuas crenças e escolhas (desde que estas não prejudiquem ninguém). Naturalmente, se alguém quiser ter uma discussão madura, sincera sobre o tópico, isso sempre será uma boa experiência. Trocar ideias e pontos de vista pode expandir a mente e é benéfico para ambas as partes.

9. Ser solteiro.
"Então e namorado? Já está na altura de pensar em arranjar um para mandar vir um filho?" Bem típico não?
Se as pessoas te pressionam para arranjares alguém para a tua vida, casar e ter filhos, diz-lhes simplesmente que a tua vida não lhes diz respeito e manda-os àquele sitio que nós cá sabemos...da forma mais elegante que conseguires, claro.

10. Escolhas dentro de um relacionamento.
A tua ex-mulher pediu para voltarem e tu aceitaste? Perdoaste a alguém que te traiu? Recusaste uma proposta de casamento? Bem, adivinhem? Todas estas decisões foram feitas por ti e só tu precisas de saber as razões. Desde que sigas o teu coração e estejas bem com a decisão que tomaste porque raio é que te havias de justificar a alguém? 

A vida pode ser complicada, e as pessoas ao nosso redor podem tornar as coisas mais difíceis, ou podem aliviar os teus fardos, apoiando as tuas escolhas.
Mentaliza-te que ninguém tem nada a ver com a tua vida e como tal deixa de dar explicações para tudo!

Adaptado daqui

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos