Ser português é...

– Levar arroz de frango para a praia. (Arroz de frango não, mas arroz e frango já.)
– Lavar o carro na rua ao domingo. (Para isso era preciso lavá-lo.)
– Ter pelo menos duas camisas traficadas da Lacoste e uma da Tommy Hilfiger. (Acho que esta é dirigida aos homens não?)
– Passar o domingo no centro comercial. (Sou mulher, obviamente que já aconteceu...)
– Tirar a cera dos ouvidos com a chave do carro ou uma tampa de caneta. (Não diria bem tirar a cera, mas coçar com a tampa da caneta é bem capaz de já ter acontecido...)
– Ter bigode. (Obviamente que não se aplica).
– Viajar “pró cu de Judas” (expressão tipicamente portuguesa!) e encontrar outro “tuga” no restaurante. (Está sempre a acontecer, este ano até nas férias.)
– Receber visitas e fazer questão de mostrar a casa toda. (Esta faz-me lembrar tanto a minha mãe...Não faço ideia se é uma característica típica dos portugueses, mas é completamente verdadeira.)
– Pedir que lhe chamem “Doutor” ou “Sr. Engenheiro”. (Já me pediram...e eu abomino estas pessoas.)
– Decorar os móveis da sala com os presentes do casamento. (Em casa dos pais, confirma-se)
– Assassinar o português a escrever “axim”. (É um mal que a mim não me assiste.)
– Gastar 50 mil euros no Mercedes C220 cdi mas não comprar o kit mãos-livres por ser “muito caro”. (Ahhh...conheço tantos.)
– Já ter “ido à bruxa”. (Completamente típica...)
– Filhos batizados e de catecismo na mão sem nunca pôr os pés na igreja. (O chamado ficar bem na fotografia...)
– Não ser racista, mas abrir uma exceção em relação aos ciganos. (Fora os que vendem coisas fixes e baratas nas feiras e festas populares...esses são fantásticos).
– Ir de carro para todo o lado, seja longe ou a 500 metros. (Acho que já foi mais assim...)
– Conduzir sempre pela faixa da esquerda da autoestrada. (Esta tem vindo a mudar aos poucos. Finalmente.)
– Cometer 3 infrações ao código da estrada por cada quilómetro. (Very, very tuga...) 
– Ter dois ou três telemóveis. (Para que ter um quando se pode ter 2 ou 3? É chique...)
– Gastar uma fortuna no telemóvel mas pensar duas vezes antes de ir ao dentista. (Tão, mas tão recorrente...)
– Ir ver a bola, comprar o bilhete geral e saltar para a central. (Isto não acontece só no futebol, nas salas de cinema também...principalmente naquelas que existe uma fila VIP.)
– Viver em casa dos pais até aos 30 anos ou mais. (Check!)
– Ser mal atendido num serviço, ficar irritado mas não reclamar por escrito por não se querer chatear. (Check!)
– Falar mal do Governo eleito e esquecer-se que votou nele. (Este é um mal que não me parece ser só nosso, é mal geral...) 


E vocês, com quantos se identificam? :)

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos