Será que sou como o tempo?!

Apetece-me simplesmente isolar-me, fugir de tudo! Ficar no meu mundo, na minha concha, sossegadinha sem chatear ninguém, sinto até que não serei boa companhia e o que acabo por fazer é mesmo isso, isolo-me!
Há dias em que consigo contornar este sentimento, saio de casa e acabo por conseguir divertir-me e embora com os meus momentos de divagação, estou bem ali.
Tem outros em que não tenho sequer força para sair de casa!
Parece que fico como o tempo, tanto está um verdadeiro vendaval de causar prejuízos por esse Portugal fora, como o sol até dá um ar da sua graça e fica um dia lindo de Outono!
Vai-se lá entender estas coisas...
O que vale hoje tenho dança, pode ser que ajude a animar um pouco!


Comentários

Hugo de Macedo disse…
Vai ajudar, de certeza. Amanhã estarás melhor!
Sílvia Maria disse…
Tens de tentar saber o que te perturba tanto ou que te muda tanto o humor. Mas não te isoles tanto, os amigos sabem sempre como nos fazer sorrir! E com certeza que a dança vai dar-te outro animo!!
Já sabes, estou sempre aqui pa ti! (E estou á espera do meu rissol):)
Adoro-te.
Anónima disse…
Olá Elizabete

Espero que já estejas melhor. Eu por vezes também me sinto assim. Mas existem sempre causas, e como diz a Silvia tens que procurar saber o que te aflige.

No meu caso estou bem de amores, felizmente, mas depois no trabalho tenho alguns problemas. Por um lado é o meu feitio, mas por outro são os outros que não se querem dar comigo, e enfim talvez subir mais na carreira. Enfim...parte da culpa é minha, mas a culpa quase sempre é dos dois lados. Por vezes ficamos com a cabeça quente, e até dizemos coisas sem sentido, por isso até é bom ter uns momentos em que estamos sozinhos para esfriar o pensamento. Digo isto segundo a minha vivência. Claro que cada pessoa é uma pessoa.

Mas também sou de opinião da Silvia que estar com amigos, amigos de verdade é sempre bom, e eles ajudam-nos.

Beijinhos
Elisabete disse…
Hugo de Macedo: Obrigada! Ajudou qualquer coisa sim!

Sílvia: Estou a tentar descobrir e mudar isso! Obrigada por tudo! (Os rissóis ficaram bem bons). :)
Beijinhos...já sabes que também te adoro minha pequenina! :)

Anónima: Obrigada pelas tuas palavras. É verdade o que dizes, por vezes estes momentos são mesmo necessários para por a cabeça em ordem!
Beijinhos

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos