Sabe aquela hora...


É...tenho tido várias horas destas ultimamente. Parece que ando com a minha alma e o meu coração inquietos, constantemente a pedirem-me calma e eu vou-lhes dando alguma, como se isso fosse algo de muito ou pouco. Ou se tem tempo, calma e paz, ou não se tem. Ponto.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos