Amor é um trabalho de relojoeiro...

"Amor é quase um trabalho de relojoeiro...são coisas muito minuciosas para acertar (...) o amor é um compasso, é um relógio e esta afinação é muito complicada (...).
Saber amar, saber afinar mesmo quando a pessoa que está  ano nosso lado, é diferente, não tem o mesmo ritmo...portanto tens que saber amar como ela merece ser amada e não como tu achas que é amar...e isso é complicado."

Por César Mourão, In Alta Definição

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Os peões e as passadeiras