Como o tempo...

Ora bem, cá estou eu em mais um daqueles dias, afinal de contas, nem é nada de novo tendo em conta que se têm tornado cada vez mais frequentes!
Era mesmo daqueles dias de ficar enroladinha no sofá, sem fazer nadinha de nada, apenas a ver todas as séries e mais algumas da tv e a dormitar!
Até acordei cheia de energia, deu-me uma de "fazer de dona de casa", passei a roupa toda a ferro, tratei do almoço, arrumei roupa e a cozinha...e só depois é que me apercebi que o que eu procurei, mesmo que insconscientemente, foi de um refúgio para me manter distraída de alguma coisa que não queria ter que pensar...
E na verdade, apercebo-me que continuo sem querer...

Hoje estou como o tempo...sinto que tenho aqui algures algumas nuvens que estão prestes a rebentar numa qualquer explosão! Continuo é sem perceber o que a origina, continuo é sem perceber porquê que insistem em se manter ali escondinhas prontas a atacar a qualquer momento...Continuo sem perceber porque que se mantêm cinzentas, quando podiam nem sequer existir e porque me fazem ver as coisas de forma desfocada!
Há uma citação que diz que tudo o que acontece, acontece por uma boa razão...Quero acreditar que sim...oh como quero!!!

Comentários

LH disse…
Há razões mais válidas do que outras. Mais do que isso, há um tempo próprio para tudo.
Também há quem diga que, depois da Tempestade, vem a bonança.
Será o nosso caso. :) Força aí.


ps: recebeste o meu email?
Dexter disse…
As razões vêm smp ao de cima...é preciso é ter paciência :)
Trintão disse…
Tenta relaxar um pouco...

Música, praia, cinema, desporto...

bj
Sílvia Maria disse…
Notei ontem à noite que havia uma certa distância em ti. Perguntei-te se querias ir até ao jardim para conversarmos um bocado mas senti que o que realmente precisavas era de ir para o teu cantinho. Ainda estava para te mandar uma sms quando cheguei a casa mas achei melhor dar-te espaço e não ser importuna.
Também não consigo perceber porque tanto luta a tua alma quando tens tantos motivos para viver em paz e alegria. O que te incomoda e te faz ficar assim? Como pode a minha amizade ser util nesses momentos?
Estou sempre aqui para ti mesmo que seja para momentos de silêncio...Adoro-te.
Beijos
Dina disse…
Eu sou um bocadinho assim. Sem perceber bem porquê, as vezes, fico bucólica, triste. Tento perceber porquÊ, mas nem eu sei. E as pessoas de fora menos ainda... Força e ânimo que é o que é preciso! bjinhos
Elisabete disse…
Obrigada a todos pelos comentários e pelo apoio.
Se estes dias estiver um pouco mais ausente não estranhem...

Sílvia: Primeiro tu nunca incomodas, mas sim, realmente estava a precisar de estar um pouco mais isolada. As perguntas que tu me fazes são as que eu gostava de ver respondidas (e resolvidas), mas ainda não consegui chegar a elas...
Obrigada pela tua amizade, é muito bom saber-te ai do meu lado e só por isso já me ajudas.
Tb te adoro minha baixinha :)
Beijinho

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos