Hoje...

Hoje estou em stand-by...Como que uma máquina que precisa do seu tempo para reiniciar.
Hoje não quero ter que pensar em nada em concreto...
Hoje apenas me vou deixar levar...

Aborreço-me só por pensar no porquê de estar assim quando sei que tenho tanto e que devia era dar graças por isso...
Detesto sentir-me assim, como que uma criança com medo do mundo, com medo de tudo.
E o mal está mesmo ai...em ter MEDO.
Vou tratar de o enjaular no que me parece prender de forma a que lá fique bem guardadinho, não o quero, nem para mim, nem para ninguém!

Comentários

Sílvia Maria disse…
Estamos a precisar de colocar a conversa em dia, estamos, estamos!!!
Oupa, agenda ai um dia sem o teu namoro (como diz minha mãe) e conversamos!
Beijos
Elisabete disse…
Quem quem?! Nós?! Nahhhh :)
A minha também diz isso :)
Sexta fazemos qualquer coisinha sim?!

Beijoca

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos