E há dias em que se acorda assim...

Dias como hoje em que se acorda completamente desligada de tudo. Em que se sonha com mil e uma coisas sem qualquer sentido e que nos põem a cabecinha a andar à roda o resto do dia.
Dias em que os pensamentos são tantos ao mesmo tempo que não se consegue levar nenhum deles a cabo...
São dias que se acaba por pensar em coisas que deviam ter ficado no passado, que já não interessam a ninguém e não me deveriam interessar também a mim. "Pequenas coisas" a que se deu demasiada importância (eu dei) na altura e que agora já ninguém se lembra...e para quê?!

Não, não vou perder mais tempo a pensar nisso, nem em nada relacionado com o que já passou!
Hoje estou a tratar de as guardar bem lá no fundo da caixinha e as esquecer. Porque se na altura não fiz nada, não é agora que vou fazer, como tal, passou a ser um daqueles arquivos que mais ninguém toca. E que embora tenham valor, não interessam a mais ninguém!


Comentários

Rita Moura disse…
Ficamos sempre a pensar no que devíamos ter feito, dito... Eu durante muito tempo culpei-me até que percebi que isso não mudaria nada.. ; ) ***
Joaquim Lucas disse…
Este comentário foi removido pelo autor.
Marisa disse…
Escreves muito bem... Uma escrita muito fluída :) Parabéns!
♥ Convido-te a visitar o meu blog de acessórios e bijuteria. Espero que gostes e voltes mais vezes. Bjinho ♥
Elisabete, somos assim mesmo. Não só pensamos como também guardamos anotações e pequenas coisas que nunca usamos e nem usaremos. De vez em quando faço um "balanço" em tudo. Os pensamentos coloco no "arquivo morto", as anotações e as pequenas coisas , jogo fora. Se não precisei deles até agora, não vou precisar mais. Feito isso, dá um grande alívio e uma sensação de organização. Beijos cheios de manias. Manoel.
Elisabete disse…
Rita Moura: Não muda mesmo, para quê continuar a ocupar a cabecinha com essas coisas?!

Joaquim Lucas: Também não sei quem foi, mas falou bem :)

Marisa: Muito obrigada :)

Manoel: Acredito que sim, é o que também tenciono fazer! O que custa é a primeira vez, depois pode ser que se torne uma coisa natural...
Beijinho

Mensagens populares deste blogue

Os melhores queijos frescos