A água que não vemos, mas consumimos na mesma


pegada_pecuariar


pegada_alimentos

pegada_lazer

Regras básicas para tomar duches mais rápidos:
  •  não lavar os dentes, os legumes, a loiça, o carro ou fazer a barba com água corrente (de torneira aberta);
  • Se tiver um autoclismo antigo que gasta cerca de 20 litros troque-o por um que gaste cinco vezes menos.
  • Puxe o autoclismo só quando necessário e não só porque tem um cabelo na parede do vaso sanitário. Lembre-se que mesmo os pequenos lixos, como a mosca que acabou de matar, devem ir para o caixote e não para a sanita.
  • Garanta que nenhuma torneira da casa está a pingar – um pingo por segundo pode significar 10 mil litros gastos por ano – e que o autoclismo não tem nenhuma fuga.
  • Não precisa de passar a loiça por água antes de a pôr na máquina de lavar e use a máquina apenas quando estiver cheia.
  • Se não tiver uma máquina de lavar roupa que adapte a quantidade de água à quantidade de roupa, use-a apenas quando estiver cheia.
  • Para poupar água no jardim mantenha plantas que exijam pouca água, recolha água da chuva para regar, deixe a relva com 10 centímetros para reter melhor a água ou cubra o solo expostos com desperdícios vegetais para reduzir as perdas de água por evaporação.
  • Beba água da torneira. Produzir garrafas de plástico e transportá-las até ao ponto de venda também consome água.
Fonte: Observador

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Os peões e as passadeiras